NOVIDADES

Reformar a casa: Atenção aos cuidados que precisam ser tomados

Reformar a casa: Atenção aos cuidados que precisam ser tomados


Evite dores de cabeça com produtos e mão de obra de qualidade
by 10 de agosto de 2020 0 comments

Seja quem está construindo uma casa nova ou já tem a sua e precisa fazer reparos, reformar é sempre algo necessário. Para fazer a manutenção, com as paredes limpas e pintadas, deixar a iluminação e o encanamento em dia, tudo isso envolve o processo de reforma.

Podem surgir gastos extras e aparecimento de outros problemas no caminho, causando dores de cabeça e fazendo com que a obra demore muito mais para ser entregue do que o esperado.

Para evitar esse tipo de situação, é preciso tomar alguns cuidados prévios, como realizar o planejamento e a organização da obra. Isso envolve tudo: desde o tempo necessário para a realização até os gastos envolvidos com a mão de obra e o material a ser utilizado.

Planeje com antecedência
O principal cuidado na hora de reformar é realizar o planejamento, o que significa fazer uma relação detalhada do que você precisa, incluindo os custos envolvidos para a execução do projeto, o tempo gasto, os profissionais que devem ser contactados para fazer a obra e a disponibilidade financeira.

Lembre-se que, em praticamente toda obra, é possível que surjam gastos extras, fazendo com que o orçamento inicial extrapole. Por isso, se for possível, tenha uma reserva a mais ou se programe para não ficar no vermelho.

Tome cuidado com a estrutura
Quem está precisando fazer reformas maiores, a ponto de destruir ou construir paredes, deve considerar a estrutura da casa. A disposição convencional das casas no Brasil é formada por: fundação, vigas, pilares e laje. Paredes de alvenaria, por exemplo, não têm função estrutural e podem ser removidas sem problemas.

Ao mesmo tempo, quem vai praticamente construir uma casa nova na mesma estrutura deve considerar o sobrepeso que será acrescido. A melhor solução, em todo caso, é procurar profissionais, como engenheiros, para se certificar de que a obra não vai gerar nenhum desgaste na estrutura da casa.

Contrate profissionais especializados
Na realização de uma reforma, outro elemento fundamental é a mão de obra. Engana-se quem contrata qualquer pessoa para fazer o trabalho de um eletricista, encanador ou pintor, arriscando-se ainda mais ao fazer isso sem a técnica necessária. Nessas horas, o barato pode sair muito caro.

Além dos riscos com acidentes e trabalho mal feito, você pode acabar tendo gastos com retrabalho. Para evitar esse tipo de situação, sempre procure os profissionais adequados para cada obra e peça indicações para outras pessoas.

Compre materiais de qualidade
Outro cuidado para a realização de uma boa reforma é o uso de materiais de qualidade. Aqui, a regra do barato que sai caro também funciona.

De nada adianta investir em materiais de baixíssimo custo se, em pouco tempo, eles vão te fazer recorrer a novas reformas.

Faça uma pesquisa prévia de orçamento em algumas lojas de material de construção e tente negociar. Alguns lugares oferecem mais desconto quando o pagamento é feito à vista.

Proteja os móveis e os pisos
Quando você faz uma reforma, é adequado afastar os móveis para não deixar que o excesso de pó e de respingos de tinta suje-os. O mais aconselhável é cobrir tudo o que estiver mais exposto com sacos de lixo, lençóis ou lonas. Faça o mesmo com os pisos, principalmente durante a pintura.

Invista em impermeabilização
Em casas novas ou velhas, a impermeabilização é algo que precisa ser feito para evitar infiltrações futuras. Sabe aquele mofo localizado em alguns pontos da parede? Pode ser fruto do excesso de umidade, algo que seria resolvido com essa técnica.

A impermeabilização é importante para dar uma vida longa ao imóvel e diminuir os riscos de reparos posteriores antes do previsto.

No Comments so far

Jump into a conversation

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.