Por Gustavo Caetano *

Se você fizer uma pesquisa rápida na internet, certamente encontrará milhões de histórias de pessoas que ganharam muito dinheiro de maneiras, aparentemente, fáceis.

Verdadeiras ou não, convivemos com histórias assim há muito tempo. Em uma era pré-internet, esses “cases” eram divulgados por meio de folhetos, anúncios ou até mesmo revistas. Agora, elas começam a ser contadas em vídeos e propagadas no meio digital.

Não vamos entrar no mérito se o conteúdo é verídico ou seus métodos legais, não é essa a proposta deste artigo, mas a história de Bettina Rudolph, que disse acumular mais de R$ 1 milhão em pouco tempo, ganhou muito destaque de maneira veloz. Não bastassem os milhões de views, mas Bettina passou a ser conhecida, chamada para entrevistas, tema de debates, reportagens, entre outras exposições midiáticas.

O caso de Bettina é um daqueles que mostram o ! poder que os vídeos têm no dia de hoje. Quer outro exemplo? O Vovô do Slime, Nilson Isaias. Após, enfim, acertar na receita e fazer corretamente a “meleca” que é febre nos dias de hoje, compartilhou o vídeo daquele que diz ser o dia mais feliz da sua vida e ultrapassou incríveis 11 milhões de visualizações – até aqui –, desbancando Anitta, Porta dos Fundos e Felipe Neto no período em que veiculou a experiência.

Eu me pergunto: será que o Vovô do Slime teria toda essa repercussão se apenas tivesse descrito esse momento? Acredito que não.

Apostar neste meio como ferramenta para se promover ou divulgar produtos e serviços mostra-se uma decisão acertada, afinal, a estimativa para 2019 é de que 80% do tráfego de toda internet seja por conta da visualização de vídeos e que, segundo estudo promovido pela Pagewiz, plataforma especializada em landing pages, mais de 60% das pessoas clicam em um! vídeo antes mesmo de ler uma palavra na página em que abriram.

Também vale destacar que, de acordo com a Forbes, são 500 milhões de pessoas que assistem a vídeos na internet todos os dias.

Estes números comprovam que estamos falando de uma ferramenta muito poderosa e diante de tanto poderio devemos ter muito cuidado para o tiro não sair pela culatra. Para uma divulgação por meio de vídeos ter resultado, se faz necessário se diferenciar em meio à multidão.

Se hoje fizermos uma gravação com conteúdo similar ao da Bettina ou do Vovô do Slime, certamente, a repercussão não será como foi com eles. O ineditismo conta na internet, além de, principalmente, um conteúdo bom e de relevância.

Para finalizar, posso afirmar que assim como os vídeos podem te colocar em um lugar de destaque e causar uma boa impressão com o público, eles também podem colocar uma mancha negativa.

Sem contar os haters, que habitam pela internet. Po! r isso, deve-se ter muito critério ao elaborar um conteúdo, a fim de que não cause ofensas ou desagrade um grupo de pessoas. Os vídeos têm viralizado com muita facilidade, sejam eles bons ou ruins para você. Portanto, os utilize de forma estratégica 😉

* Gustavo Caetano é CEO da Samba Tech

Sabia que vídeos ocupam cerca de 80% do tráfego da internet?

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA