Home Cultura POP Sangramento nas gengivas: o que é e como evitá-lo

Sangramento nas gengivas: o que é e como evitá-lo

Problema é mais comum do que se imagina; higiene requer atenção

A gengiva apresenta um papel importante na manutenção da saúde bucal por ser a porta de entrada para as bactérias atingirem a raiz dentária, o osso, e em alguns casos promover o amolecimento dentário e a perda do mesmo.

As raízes dos dentes são revestidas por vários tecidos – tais como o cemento – que protege toda a parte externa, o ligamento periodontal que liga o dente ao osso e o osso alveolar que circunda a raiz dentária. Acima do osso, na porção visível fica a nossa gengiva, que é um tecido avermelhado e que, em algumas regiões da boca, é mole e flexível.

O que causa o sangramento gengival?
Segundo a Doctoranytime, a gengivite é geralmente decorrente da placa bacteriana que adere ao dente. Placa bacteriana é o conjunto de bactérias que instalam-se ao redor dos dentes, ou entre eles, e que leva ao desenvolvimento da cárie e da doença periodontal. Se não removida, quando a placa bacteriana entra em contato com a gengiva por algum tempo, causa inflamação que resulta em vermelhidão, sangramento e dor.

Há outros fatores que levam ao sangramento gengival que não estão ligados a placa bacteriana:

– Técnicas de escovação: O sangramento pode ser gerado pelo excesso de força na escovação ou por utilização de escovas duras ou muito grandes para o tamanho da boca do indivíduo.

– Uso de medicamentos específicos que causam diminuição da qualidade e quantidade de saliva, levando ao sangramento.

– Fio dental: O uso errôneo do fio dental pode ferir mecanicamente a gengiva e provocar sangramento e dor.

Haja visto que o sangramento pode decorrer de diversas fontes, quando verificar a presença de sangramento involuntário ou ao cuspir, é de extrema importância visitar um dentista para que seja analisada a origem do sangramento e assim, tratá-lo de forma correta.

Como evitar o sangramento da gengiva?
Se o sangramento é de origem bacteriana, é recomendado prestar uma atenção maior na escovação, na frequência e no uso de produtos adequados. O ideal é escovar sempre depois das refeições, ou pelo menos ao acordar e antes de dormir com escova macia de cabeça pequena, arredondada com movimentos circulares. O uso do fio dental é essencial para a remoção da placa bacteriana entre os dentes. Com o uso do fio dental, geralmente nota-se que o sangramento aumenta instantaneamente, porém cessa com a remoção da placa.

O uso de fita dental, que é mais grossa que o fio dental, é indicado para alguns pacientes que têm uma separação mais acentuada entre os dentes em que o fio dental regular muitas vezes não remove toda a placa. Depois de cada escovação é também recomendado o uso de enxaguante bucal que vai corrigir o pH da boca e limpar os espaços onde a escova e o fio dental não alcançaram.

Nos casos de sangramento originados por movimentos mecânicos como o da escovação com força ou uso do fio dental de forma incorreta, é recomendado seguir as instruções do dentista de como escovar de forma correta bem como a quantidade de força que deve ser aplicada na escovação para evitar o sangramento, perda de tecido dental e a recessão gengival.

A técnica de Bass para escovação é vastamente utilizada e indicada para evitar problemas periodontais.
Já nos casos de sangramento por motivos de medicamentos que causam xerostomia (boca seca), há alguns tratamentos tais como saliva artificial dos quais o dentista pode utilizar para ajudar o paciente nesses casos. Porém pode diferir de caso para caso. De antemão é recomendado uma atenção especial à escovação para que a placa bacteriana não fique sobre a superfície do dente por muito tempo, podendo causar a inflamação gengival, conhecida como gengivite.

A recomendação é que, ao presenciar sangramento espontâneo ou qualquer modificação na boca ou nos tecidos dentários, procure um dentista para auxiliar no diagnóstico e no tratamento.


INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA

Mitos e verdades sobre o refrigerador side by side da Samsung, com três portas
Previous articleUsiminas lança e-commerce de aço para atender o varejo. Entenda.
Next articleEmpresa de cibersegurança lança novo recurso para mitigação de ataques fantasmas