13/4/2021 – Indicador Recuperômetro, elaborado pela fintech, também mostra um valor recuperado acima de R$ 7 milhões apenas nos dois primeiros meses de 2021

A pandemia de covid-19 segue impactando o varejo, o que obriga os lojistas a reduzirem o desperdício financeiro nas transações – principalmente as efetuadas por cartões. É o que mostra o Recuperômetro, indicador feito pela F360°, plataforma de gestão financeira com conciliação automática de vendas por cartão para o pequeno e o médio varejista.

Em fevereiro de 2021, as lojas e os pontos de venda que utilizam a solução da empresa conseguiram resgatar R$ 2.507.046,19 nas vendas efetuadas por meio de cartão de crédito. É um valor inferior ao registrado em janeiro de 2021 pelo levantamento. No primeiro mês do ano, os varejistas recuperaram R$ 4.585.991,45.

O acumulado dos dois primeiros meses de 2021 mostra um total de R$ 7.093.037,64. Desde o início do levantamento, em janeiro de 2019, o valor recuperado é de R$ 125.888.159,41.  O Recuperômetro é um indicador da F360° que exibe o valor financeiro recuperado pela plataforma.

Compras efetuadas com cartão de crédito sem passar por conciliação nas vendas representam um risco grande para o varejista, que pode pagar taxas adicionais. Com o apoio da plataforma da F360°, é possível, por exemplo, integrar o serviço com conciliação bancária, fluxo de caixa, DRE (Demonstrativo do Resultado do Exercício), entre outras funcionalidades.

“O mês de fevereiro tradicionalmente é mais fraco em vendas do que janeiro. Além disso, o endurecimento das medidas de distanciamento social por conta da pandemia de covid-19 também reduziu as vendas no varejo, gerando uma recuperação financeira menor nas transações com cartões”, explica Henrique Carbonell, CEO da F360°.Varejo recupera mais de R$ 2,5 milhões em vendas em fevereiro de 2021, mostra F360º