Home CORPORATE Serviço de portaria remota é alternativa para condomínios durante pandemia

Serviço de portaria remota é alternativa para condomínios durante pandemia



São Paulo 19/4/2021 – Por dispensar o contato humano direto, portaria remota passou a ser considerada uma solução de segurança para empresas e condomínios durante a pandemia. Em 2020, crescimento da procura pelo serviço foi de cerca de 20%

A Covid-19 trouxe diversos impactos para a segurança de condomínios, prédios e empresas. A Associação Brasileira de Empresas de Segurança Eletrônica (Abese), então, criou uma classificação para avaliar os serviços de portaria remota como a possível solução que dispensa o contato físico e realiza o controle de acesso diretamente de uma central de monitoração, utilizando-se de circuito de câmeras e comunicação via internet e/ou interfone.

Empresas do setor devem contar com mão de obra e tecnologia qualificadas

As empresas que prestam serviços de portaria remota e segurança eletrônica devem investir em formas de tornar o setor cada vez mais eficiente. Isso ocorre a partir de investimentos certeiros, como mão de obra qualificada para atuar como operador na central de monitoramento e tecnologias específicas que possibilitem a captura e o armazenamento de imagens e sons, fazendo com que o trabalho da portaria remota seja tão seguro e eficiente quanto o da portaria presencial.

De acordo com a Abese, em sua pesquisa realizada com prestadores de serviços, indústrias e distribuidores, a procura por serviços de portaria remota durante a pandemia (em 2020) cresceu aproximadamente 20%, e boa parte desse aumento se deve ao fato de diminuir as chances de disseminação do coronavírus.

Portaria remota representa segurança certificada

As empresas que prestam serviços de portaria remota devem contar com certificação e autorização de funcionamento, indicando aos condomínios e prédios contratantes que o prestador passou pelo crivo de um órgão certificador e atende a todos os critérios da Norma Técnica.

Hoje, principalmente com a chegada da pandemia, a portaria remota evoluiu e ainda se desenvolve de forma contínua, visando ser um sistema cada vez mais moderno para proteger os moradores de prédios e condomínios utilizando tecnologias que possibilitem o monitoramento e controle de acesso à distância. Além de ser muito eficiente durante a pandemia (por evitar contágio entre porteiros e condôminos), a portaria remota também diminui as possibilidades de invasões, assaltos e acesso de pessoas não autorizadas.

Portaria remota representa solução durante pandemia e confere diversos benefícios a empresas e condomínios

Durante a pandemia, os serviços de portaria remota ganharam ainda mais notoriedade por representarem uma solução que supre as necessidades de condomínios e empresas respeitando o isolamento social.

De acordo com o Grupo Generall, que presta serviços de portaria remota, os benefícios são muitos e vão além de uma solução durante a pandemia: “a principal vantagem da Portaria Remota com certeza é a redução de custos, se comparada à contratação de uma portaria convencional (física). Os benefícios adicionais são o aumento da segurança no controle de acesso; registro eficiente de entrada de visitantes e prestadores de serviço; gravação de todos os eventos (vídeo e áudio bidirecional), incluindo ligações feitas pela central de monitoramento aos moradores para aprovação e liberação de entrada de pessoas autorizadas e ligações feitas para a polícia ou outros órgãos em caso de emergência; apoio imediato em caso de eventos ou ocorrências; padrão de atendimento e treinamento de nossos operadores; projeto integrado e personalizado de segurança perimetral, imagens e alarmes”.
Serviço de portaria remota é alternativa para condomínios durante pandemia

Website: http://portariaremotagenerall.com.br/



Previous articlePedágio do Futuro: Lei aprovada no Senado discrimina condições para a implantação de pedágios de fluxo livre
Next articleCircuito Litoral Norte de São Paulo segue captando recursos para seu plano de retomada por meio de ações e parcerias com a SETUR-SP