Home Cultura POP Antes de adotar um cão, veja quais são os gastos necessários para...

Antes de adotar um cão, veja quais são os gastos necessários para o cuidado no dia a dia

Eles são fofos, nos amam incondicionalmente e se tornam membros da família. Quem tem um bichinho de estimação sabe que o carinho e a alegria que eles trazem para a casa são imensuráveis!

Contudo, antes de adotar um pet, é essencial ter em mente que ele é um ser vivo e, como tal, demanda cuidados e gastos. Além disso, a expectativa de vida dos pets tem aumentado. Desse modo, o bichinho deve viver, pelo menos, uma década ao seu lado.

Ser tutor de um cão pede mais responsabilidade que apenas levar para passear diariamente ou buscar a ração adequada ao porte e à idade do pet. Significa zelar pelo bem-estar físico e mental do animal, o que envolve alguns gastos.

Saúde mental
Quem vivem em locais pequenos, como estúdios, flats e quitinetes, também pode ter um cãozinho para fazer companhia no dia a dia. Dependendo do porte e da energia do bichinho, pode ser necessário fazer mais passeios.

Se o tutor não tem muito tempo ou paciência disponível, pode contratar o serviço de passeadores e até creches para que o cachorro possa caminhar, brincar e se divertir, mantendo sua saúde física e mental.

Cães muito ativos podem ficar entediados se passarem muito tempo dentro de casa, principalmente, sozinhos, e isso pode ser ruim para a saúde. Além de destruírem objetos para chamar a atenção, eles podem acabar comendo o que não devem ou até se machucarem.

Casa estruturada
Em casa, é preciso comprar alguns itens para o dia a dia do cachorro: uma caminha ou cobertinha para que ele possa dormir protegido, comedouro e bebedouro, tapetes higiênicos e até roupinhas, dependendo da pelagem e do clima em que vive.

Os brinquedos são muito importantes porque ajudam a entreter o bichinho, limpar os dentes, fortalecer os músculos e manter o pet ativo. Logo, são indispensáveis e passam longe de serem besteiras.

Para os passeios, é importante ter caixa de transporte para levar o pet no carro, coleira, guia resistente e focinheira — dependendo da raça do cão e da cidade em que vive, este é um item obrigatório.

Saúde preservada
As visitas ao médico-veterinário também devem ser feitas com regularidade. Durante as consultas, o profissional irá checar como anda o bem-estar geral do pet e atualizar a carteira de vacinação dele, algo que também é essencial para a saúde humana!

O médico-veterinário poderá orientar sobre a melhor forma de prevenir ou tratar infestações de parasitas, como pulgas, carrapatos e sarna, indicar a ração adequada para o cãozinho, além de prescrever medicamentos para condições específicas de saúde.

Se o cãozinho for portador de alguma necessidade especial, seja uma deficiência física ou doença, como diabetes ou cardiopatia, por exemplo, é possível que seja preciso visitar o veterinário com mais frequência para fazer o acompanhamento da saúde do bichinho.

Alguns exames também podem ser solicitados, como ultrassom, hemograma e raio-X. Realizá-los é uma forma de demonstrar seu amor e cuidado com o bichinho de estimação.

Outro ponto essencial é que as visitas ao pet shop também devem ser regulares por conta da higiene e da segurança do pet. O banho e a tosa ajudam a evitar parasitas, refrescar a pele e aparar as unhas para que ninguém se machuque.

Custo geral
É bastante difícil precisar um número exato a ser gasto mensalmente com o animal de estimação, uma vez que os valores variam bastante de cidade para cidade, tipo de serviço e até marca de ração.

A consulta com o médico-veterinário, por exemplo, pode ocorrer em clínicas particulares ou hospitais públicos, gratuitos ou universitários, que têm custo reduzido. O essencial é que o tutor tenha ciência de que é preciso cuidar do pet com responsabilidade, e isso pode acarretar gastos, às vezes.

Antes de adotar um cão, veja quais são os gastos necessários para o cuidado no dia a dia

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA

Previous articleELSYS amplia seu portfólio de casa inteligente
Next articleNovo HP ProBook chega ao mercado brasileiro