Não é novidade que as redes Wi-Fi e móvel, sejam elas corporativas ou pessoais, podem ser afetadas por interferências de diversas naturezas. [read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

O resultado destas interferências nós conhecemos bem: queda e instabilidade de sinal, lentidão, impacto no alcance entre outros. No entanto, muitas vezes a fonte dessas interferências podem estar dentro de casa e são bem mais simples de se resolver, salvando muitas horas de conversa com a operadora de internet.

Veja abaixo dicas simples de como você mesmo pode descobrir e ajudar a evitar essas interferências:

App no smartphone
O usuário pode baixar apps gratuitos para diagnosticar e resolver problemas comuns do Wi-Fi (como lentidão, quedas repentinas de conexão, pontos cegos). Eles atuam de forma diferente das soluções profissionais usadas por operadoras, pois não é feito um diagnóstico completo e possuí eficácia menor, porém permite ao consumidor por conta própria avaliar e melhorar a qualidade de sua rede.

Frequência dos serviços
No Brasil são usadas as faixas 2,4 GHz e 5,0 GHz para conexão Wi-Fi, a faixa mais baixa tem alcance maior, porém por ser a mais utilizada muitas vezes é congestionada e acaba tendo uma qualidade de sinal menor devido ao alto volume de uso.

Configurar o canal do roteador
O próprio usuário consegue fazer isso. A grande maioria dos roteadores instalados pelos técnicos ao comprar um serviço de internet vem pré-programados no mesmo canal Wi-Fi apesar de haver mais de uma opção de canal disponível, isso gera um tráfego maior no mesmo canal o que pode diminuir a qualidade do sinal. Ao usar canais com menos conexões na região o consumidor evita o “trânsito carregado” de diferentes redes operando no mesmo canal e melhora sua experiência.

Além disso, veja abaixo quais são os principais causadores de interferência dentro de casa e outras soluções específicas para cada problema:

Câmeras de segurança
Sistema de segurança interna podem gerar interferência tanto na rede Wi-Fi quanto no sinal de internet móvel. Isso é um problema em especial em estabelecimentos comerciais que também oferecem sinal gratuito a seus clientes, mas mantém este sistema de segurança. Esta pode ser uma das razões de velocidade muito baixa ou dificuldade para conexão, um problema comum redes públicas. A solução é sempre adquirir sistemas de segurança homologados pela Anatel, além de garantir que o vendedor e o sistema sejam confiáveis. Equipamentos piratas são os maiores causadores de interferência.

Microfone sem fio
Microfones e fones sem fio têm se tornado cada vez mais populares e acessíveis. Porém, como eles usam, em sua maioria, conexão bluetooth, eles podem gerar interferências na velocidade de redes privadas, em especial os modelos não homologados pela Anatel. Ou seja, aqueles importados ou de marca duvidosas podem atrapalhar, e muito, uma sessão de jogos ou streaming.

Conversor de TV Digital
Com o processo de desligamento da TV analógica no Brasil, muitos lares passaram a adotar o conversor de TV digital. Um pequeno aparelho ligado à TV analógica, que converte o sinal para digital. O problema é que este conversor também pode causar interferência em rede móvel, especificamente na banda LTE 4G 700 Mhz, justamente a mais comum nesta velocidade. Porém, este é um problema exclusivo dos conversores, e não das TVs que já vem com sinal digital.

Portão eletrônico
Este é um problema maior para quem mora em casa: o portão eletrônico, através de seu receptor de sinal do controle remoto, também pode causar interferência no sinal Wi-Fi e móvel, principalmente se não for homologado ou instalado de maneira clandestina. Esta falta de cuidado pode fazer com que o sinal de rádio do portão impacte diretamente as redes de sua ou estabelecimento.

Reforçadores de sinal
Este é um caso em que na tentativa de melhorar o sinal de uma casa ou loja, o usuário pode acabar tornando-o ainda pior. Reforçadores ou repetidores de sinal não homologados pela Anatel ou instalados por um fornecedor que não a operadora de internet pode trazer graves prejuízos ao sinal. Aqui a solução é uma só: adquirir reforçadores devidamente homologados e pedir a sua operadora que envie um técnico para realizar a instalação. Lembre-se: Apenas os técnicos da sua operadores podem mexer ou alterar a banda da sua internet.

Microondas
Aqui o problema não tem muita solução, mas o impacto é reduzido. As ondas emitidas pelo eletrodoméstico podem causar alguma interferência em redes móveis, principalmente por sua natureza. A solução é posicionar os roteadores e reforçadores de sinal de longe da cozinha.

Para além da rede doméstica, as operadoras possuem sistemas de monitoramento para detectar interferências, de forma a atuar ativamente para a melhora do sinal e abrangência da cobertura móvel. Caso o consumidor acredite que a falha está na rede é preciso entrar em contato com o provedor para verificar a região e aparelhos, já que fatores externos podem estar prejudicando a experiência final.

 

[/read]

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA
Como sua casa pode interferir na sua rede de internet

Veja também
Veja tudo o que você precisa saber antes de comprar uma câmera de segurança Wi-Fi
Conheça os mitos e verdades sobre o Wi-Fi
Brasil é o terceiro país com mais Spam e Bots no mundo