Home CORPORATE ARTIGO Dia da Informática e a importância dos profissionais da área

Dia da Informática e a importância dos profissionais da área

Por Sofia Paez *

De acordo com um levantamento realizado pela IDC, empresa de pesquisa de mercado, o setor de Tecnologia da Informação deve crescer impressionantes 11% em 2021. Isso porque o segmento encontra-se em constate desenvolvimento devido à alta demanda por mão de obra qualificada e aos avanços tecnológicos que as empresas têm passado.

Não à toa, os profissionais especializados em TI se tornaram fundamentais no mercado de trabalho atual. Por isso, ao comemorarmos o Dia da Informática em 15 de agosto, é importante entendermos a importância dos responsáveis por garantir uma boa interação entre os usuários e o seu computador, criação de softwares e sites, suporte técnico, organização de banco de dados, configurações em redes de computadores, entre outras funções.

No passado, a principal função desse profissional era prevenir erros do sistema. Atualmente, ele atua de forma abrangente, possuindo um papel importante para o segmento empresarial. Com consumo da tecnologia fazendo parte dos negócios, as empresas estão buscando a migração mais aprimorada e qualitativa para os meios digitais. As soluções adotadas pela área de TI passam a ter como principal meta a expansão da empresa, aperfeiçoando seus processos e focando em resultados. Para isso, um acesso estável e seguro das conexões de internet com a ajuda de dispositivos de rede é primordial.

Nas organizações, eles garantem a integração e gerenciamento das nuvens, além da percepção das necessidades específicas do processo operacional, indicando quais devem ser as principais medidas para cada etapa. Por isso, são fundamentais no planejamento estratégico, contribuindo para uma visão assertiva de projetos e estabelecendo as atitudes tecnológicas necessárias para que os objetivos sejam alcançados.

Com a pandemia da covid-19, as corporações tiveram que se reinventar, dando continuidade às suas atividades de forma remota. Para isso, a tecnologia foi o ponto principal. Os profissionais de TI tiveram que personalizar computadores para que pudessem ser utilizados em casa, possibilitando o acesso aos dados e aplicações da empresa. Esse trabalho veio acompanhado de ajustes na infraestrutura para suportar essa nova realidade.

Segundo dados da Brasscom, Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação, estima-se que até 2024 a demanda do segmento cresça, chegando em 421 mil profissionais. As procuras das empresas serão de 25% para Internet das Coisas (IoT), 11% em segurança, 10% em Big Data, 6% em Nuvem e 2% em Inteligência Artificial (AI).

Hoje, quase todos os processos realizados nos meios coorporativos necessitam da tecnologia. Seja uma atividade simples, como o envio de um e-mail para um cliente, ou até algo mais complexo, como a segurança dos dados da empresa, tudo está ligado ao meio digital. Então, uma prática que tem sido muito adotada nesses ambientes é o investimento em dispositivos de Wi-Fi que otimizem e facilitem os acessos à internet. Assim, é possível ter um aumento de produtividade, facilitando as atividades que necessitam ser realizadas.

* Sofia Paez é Gerente de Marketing da Mercusys no Brasil

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA

Mitos e verdades sobre o refrigerador side by side da Samsung, com três portas
Previous articleUsinas da Paraíba aumentam produção de etanol anidro em 16%
Next articleFaculdade da Santa Casa de São Paulo abre nesta quarta (18) inscrições para o Vestibular 2022