Menos consumo de bateria do Chrome. Será mesmo Google?

O Google Chrome é conhecido pela voraz consumo de bateria. Mas o Google afirma que está tomando medidas para corrigir isso.

Em uma atualização no Chromium Blog, o Google diz que vai mudar as funcionalidades das abas que você tem em segundo plano e não estão sendo usadas, deixando com menos recursos e assim diminuir o o consumo de energia.

No blog, o engenheiro de software do Google Alexander Timin escreve que essas abas “consomem um terço da energia do Chrome no desktop“.

Isso é um desperdício muito grande, sabendo que temos o hábito de abrir várias e várias abas e deixar abertas.

O novo mecanismo identifica as abas que estão em uso e enviam “a quantidade necessária de processamento” e diminui esta quantidade para as abas que estão em segundo plano, limitando o acesso. O resultado é menos 25% de consumo dessas abas, economizando energia de processamento e por consequência o consumo de energia e assim deve prolongar a vida da bateria.

Conforme você tiver uma aba rodando a versão web do Spotify, por exemplo, essa redução não deve causar a interrupção do serviço.

Teoricamente o plano é deixar as abas abertas em segundo plano totalmente suspensas e aí economizar mais ainda.

O consumo exagerado de energia e bateria do Chrome é conhecido e já virou até vídeo da Microsoft, que mostrou o consumo do Edge que durou sete horas e 22 minutos, contra apenas quatro horas e 19 minutos para o Chrome.

Depois de resolver o problema de consumo de bateria, o Google poderia resolver o consumo de memória também, pois convenhamos, o Chrome como toda a memória que estiver disponível.