…projetos sejam feitos globalmente, compartilhando expertises. Com o aumento da diversidade de recursos e mix de especialistas, de acordo com a executiva, será possível entender melhor o negócio do cliente nos diversos países e atender às demandas com mais rapidez e eficiência.

“Sabendo das fortalezas de cada país, podemos usar o que cada um tem de melhor, do ponto de vista das necessidades dos clientes”, esclarece Monica. Ela conta que, neste ano, prosseguirá com os projetos existentes de forma mais globalizada, dinamizará a consultoria e focará em trazer resultados mais rápidos para os clientes.

Entre as novidades para 2016 está a movimentação das tecnologias da companhia para Cloud. “Trabalhando em nuvem, a implementação do software pode ser feita do Brasil ou de qualquer outro país. Isso impactará positivamente a área de serviços, acelerando a forma de se trabalhar e ampliando o portfólio de soluções”, conclui.