NOVIDADES

O app que transforma qualquer vilão em uma fofurinha


by 17 de janeiro de 2017 0 comments

Se você é uma das pessoas que estão inconformadas com os rumos do mundo, principalmente na política, prepare-se para conhecer o app da chinesa Meitu. A ferramenta ‘Hand Drawn’ é uma benção nesses tempos espinhosos e cheios de inimigos em todo lugar. Com ela, os usuários de smartphone podem transformar qualquer vilão em algo dócil, ou melhor, em uma fofura.

A ferramenta é mais uma das bobeiras da tecnologia. Porém, o resultado que ela consegue é divertido e as pessoas estão testando esse fofurizador automático em vários personagens que povoam o noticiário político e econômico. As transformações são sensacionais.

O funcionamento do app é bem simples. Uma série de filtros colocam uma suavidade na foto. É muito parecido com os que fizeram sucesso no Snapchat, como o vômito de arco-íris ou o filtro de cachorrinho. Com o Meitu, aquele vilão que pode destruir o mundo ou dominar o comércio internacional ganha bochechas rosadas, cílios longos e brilhantes, um cabelo hidratado e, claro, um batonzinho pra realçar os dentes cintilantes.

Infinitas combinações
Em vez de mandar uma pessoa escovar aquele coração peludo, você pode usar a ferramenta Hand Drawn e mostrar como ela poderia ser mais amável. Não é melhor do que sair xingando e arrumando briga com todo mundo por aí?

A Meitu tem seis temas à disposição dos usuários: angelical, floral, conto de fadas, pétalas, sereia ou baronesa. Os filtros podem ser misturados, criando uma combinação ainda mais dócil. É uma explosão de fofura na tela do seu smartphone. A aplicação está disponível para iPhone e Android, clique nos links.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

No Comments so far

Jump into a conversation

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.