O Procon-SP multou, no último dia 28 de agosto, a empresa Sky Serviços de Banda Larga Ltda. por publicidade enganosa e outras infrações ao Código de Defesa do Consumidor (CDC). [read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

A multa, no valor de R$ 2.938.318,67, será aplicada mediante processo administrativo.

Ao comercializar o produto “Sky Livre”, entre os anos de 2011 e 2015, a empresa divulgou publicidade informando tratar-se de “a parabólica digital da Sky”, “sem mensalidade”, “disponível em todo o Brasil” e ressaltando a transmissão dos canais digitais de emissoras de TV – Band, Globo, Record, SBT e outras.

Porém, sem  deixar claro que a possibilidade de conversão do sinal analógico para digital seria temporária, uma vez que por medida do Governo Federal, a recepção do sinal analógico seria descontinuada e os mencionados canais de TV aberta, teriam então acesso gratuito aos consumidores que dispunham de aparelhos com conversores acoplados.

Na divulgação e publicidade do “Sky Livre”, a empresa não deu destaque a condição temporária do serviço oferecido, de forma clara, ostensiva e em caracteres legíveis, não permitindo, portanto, que os consumidores pudessem compreender as informações, condições e características do produto/serviço comercializado.

Além disso, em 2018 a empresa efetuou cobrança de taxas de licenciamento do software, segurança de acesso e de locação de equipamento opcional (ponto adicional), as quais são vedadas por Resolução da Agência Reguladora do setor (Anatel), cometendo prática abusiva.

 

[/read]

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA
Procon de SP multa SKY

Veja também
Procon multa Google e Apple por infração no uso do Faceapp
Facebook expõe 419 milhões de registros de usuários de bancos de dados
Falha de segurança deixa smartphones Android vulneráveis a ataques de phishing por SMS