A produção do setor eletroeletrônico esfriou no mês de fevereiro. Em comparação com o mesmo período de 2015 a retração foi de 26,5%, de acordo com dados divulgados pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee). A queda, segundo a entidade, é resultado do recuo de 33% da indústria eletrônica e do decréscimo de 21% na atividade da indústria elétrica.

No acumulado bimestral, de janeiro e fevereiro de 2016, a produção industrial do setor diminuiu 28,8% em relação ao igual período de 2015. Nesta mesma comparação, a produção caiu 36,6% na indústria elétrica e 22,4% na eletrônica. Segundo o levantamento da Abinee, no primeiro bimestre, o desempenho do setor foi inferior ao da indústria geral (-11,7%) e ao da indústria de transformação, que ficou e -11,3%.

O cenário só apresenta positividade se comparado com o mês imediatamente anterior. Entre janeiro e fevereiro, a produção da indústria eletroeletrônica cresceu 4,5%, em decorrência do incremento de 11,4% da indústria eletrônica, uma vez que a indústria elétrica ficou praticamente estável (+0,1%).

Nos últimos 12 meses, a retração da produção da indústria eletroeletrônica atingiu 22,9%. A associação culpa a crise política e a…[LEIA MAIS]