O drink Rabo de Galo, assim como a Caipirinha, é um patrimônio cultural do Brasil com 64 anos de história. Sua propagação começou na cidade de São Paulo com a chegada de uma fábrica de bebidas nos anos 50. A indústria queria atender aos…[read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

…anseios alcoólicos dos imigrantes italianos. No entanto, estes consumidores encantados pela Cachaça não bebiam mais o Vermute, mas apreciavam muito o “ouro líquido brasileiro”.

Assim, foi criada uma mistura dos dois, inclusive com copo exclusivo, que continha marcação das doses. Segundo relatos, o fundo do copo era mais grosso para aguentar a batida no balcão, na volta do gole. Inclusive, a bebida deveria ser chamada de Cocktail, mas a ideia foi rapidamente descartada e substituída pela tradução da palavra em inglês Cocktail, que, em português, significa Rabo de Galo.

O Rabo de Galo, que inicialmente tinha em sua proporção original 2/3 de Cachaça para 1/3 de Vermute, nos dias de hoje não tem uma receita exata e nem há uma técnica fixa de preparo: as bebidas podem ser misturadas num mixing glass com gelo ou no próprio copo de servir.

Com essas nuances de preparo se tornou o drink mais consumido pela boemia no país. Para se ter uma idéia, dos 1,3 bilhões de litros de Cachaças consumidos nos estados brasileiros, cerca de 70% é de Rabo de Galo, segundo os organizadores do II Concurso Nacional do Rabo, que acontecerá em 3 de dezembro em São Paulo.

Este evento reunirá bartenders e mixologistas de todo país que prepararão receitas inéditas da bebida e o público poderá degustar gratuitamente as Cachaças expostas no encontro. O II Concurso Nacional do Rabo de Galo será das 13h às 20h, no Leques Brasil Hotel Escola, na Rua São Joaquim, 216 – Liberdade.

Em 2017, o evento atraiu centenas de pessoas interessadas em conhecer mais sobre a origem do drink e seus variados sabores, sendo um verdadeiro sucesso.

“Temos o propósito de promover a Cachaça e criar uma grande possibilidade de diversificação de seu uso em cocktails. Para isso, vamos reunir um grande número de bartenders para uma festa de criações diversas e receitas exclusivas do Rabo de Galo, despertando o interesse das pessoas, em relação ao sabor da bebida e sua história”, comenta o Mestre Derivan, um dos idealizadores do evento.

Rabo de Galo é o drink à base de Cachaça mais consumido do Brasil

Este movimento visa ainda levar o Rabo de Galo a alçar voos mais altos. O objetivo é que este drink seja o segundo coquetel brasileiro à base de Cachaça a ser inserido na lista da IBA – International Bartenders Association.

Essa seleta lista conta com quase 100 drinks considerados os clássicos do mundo e tem como base diversos destilados. Todo barman precisa conhecer e saber fazer estes cocktails.

O Brasil já consta nesta listagem com a Caipirinha, que é um drink muito apreciado e conhecido no mundo, sendo a responsável pela disseminação do consumo de Cachaça no mercado internacional.

“Queremos aumentar a presença brasileira nesta carta da IBA. Esta inclusão será uma nova jornada e um grande passo para a nossa coquetelaria e também para a Cachaça”, explica Daniel Júlio, um dos idealizadores do concurso.

 

[/read]

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA
Rabo de Galo é o drink à base de Cachaça mais consumido do Brasil

Veja também
Cada signo tem sua bebida. Conheça agora!
Conheça mitos e verdades sobre a destilação de bebidas em casa
Cinco verdades sobre a cerveja