A gestão de pessoas é um grande desafio para qualquer empresa, independente do seu porte. O ambiente de trabalho na maioria dos lugares é muito heterogêneo, ou seja, as empresas possuem funcionários de todas as faixas etárias e condições sociais. Com isso, manter a motivação da equipe, capacitar e engajar colaboradores, bem como identificar e reter talentos não são tarefas das mais simples. Diante deste cenário, a Networker, companhia nacional fundada em 2000 observou uma…[read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

…oportunidade de facilitar tais processos por meio do poder do IBM Watson.

O IBM Watson é uma das grandes inovações dos últimos tempos no que tange a computação cognitiva. Ele foi criado para auxiliar profissionais, desenvolvedores, startups e empresas a construírem sistemas cognitivos que possam melhorar processos, interações e ações. A Networker, por meio da expertise de sua equipe, conseguiu utilizar esta poderosa plataforma para solucionar estas demandas que a gestão de pessoas sempre apresentou.

Com um discurso voltado eminentemente para as áreas de negócios, a companhia nacional oferece soluções voltadas para a gestão de talentos, aumento de produtividade e peformance, dentre as quais: Candidate Assistance, Employee Experience, People Analytics, Cognitive Collaboration, Knolwedge Management e Digital Workers. “Nosso foco é ter a tecnologia como suporte para entregar soluções de acordo com a necessidade do cliente”, afirma André Ceciliano, um dos fundadores e diretor de operações da Networker.

Por meio de um conjunto de dados, estruturados ou não, um dos usos do Watson é auxiliar no diagnóstico dos principais desafios do gestor de pessoas, dentre os quais treinamento, turnover, produtividade, etc. ”Com o uso do Watson, reduzimos a dependência de um cientista de dados ou um especialista em estatísticas, pois a própria plataforma disponibiliza um conjunto de modelos estatísticos que apresentam, de forma automática e em tempo real, uma série de correlações entre os dados analisados. Com isso, nossos consultores elaboram um plano de ações para o cliente. Essa é a nossa oferta de People Analytics”, explica Ceciliano.

“Nas ofertas Candidate Assistance e Employee Experience, com base na experiência de nossa equipe, desenvolvemos uma jornada que busca acompanhar toda a vida útil de um colaborador desde antes da entrada dele na empresa até após sua saída. Em cada uma dessas etapas, buscamos entender qual seria a contribuição do Watson para a obtenção de resultados mais eficazes e eficientes. Alguns exemplos disso são a identificação do “perfil campeão” nos quadros da empresa e monitoramento do mercado em busca de profissionais com essas características. No momento em que uma vaga surge, o gestor já tem mapeado quem são os melhores candidatos, podendo contratar melhor e mais rapidamente. Outra possibilidade é acompanhar a evolução do funcionário ao longo da carreira e sugerir ajustes em função de mudanças tanto do lado da empresa quanto do colaborador”, ressalta.

Trabalhadores Digitais
Uma outra oferta que vem chamando muito a atenção são os trabalhadores digitais (Digital Workers). Esta oferta é composta basicamente por Assistentes Virtuais (chatbots com inteligência artificial) e automação de processos via robos de software (RPA – Robotic Process Automation). Trabalhando em conjunto, ou de forma separada, essa oferta tem como objetivo principal, liberar os colaboradores das tarefas repetitivas e operacionais. “No momento em que os gestores percebem que a adoção dessas soluções aumenta a produtividade desses colaboradores em no mínimo 30%, a adoção é quase imediata. Já desenvolvemos diversos assistentes virtuais, que permitem uma conversa em linguagem natural com os funcionários e gestores, da mesma forma em que interagem com outras pessoas. Em relação aos robôs, é até engraçado, pois em um primeiro momento, os gestores acham que estramos falando de um exterminador de empregos e no final percebem que conseguirão fazer mais e melhor mesclando os trabalhadores reais com os trabalhadores virtuais”.

[/read]

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA
Saiba como o IBM Watson ajuda empresas a solucionar demandas de gestão de pessoas

 

Veja também
Tem robô na linha: conheça as vantagens, aplicações e desafios dos chatbots
Internet das Coisas não é a mesma “Internet de Todas as Coisas”
Indústria 4.0: jornada para cloud com transformação digital