Home Tech Digital Samsung apresenta o primeiro processador de 5nm da indústria

Samsung apresenta o primeiro processador de 5nm da indústria

O Exynos W920 oferece alto desempenho, eficiência e conectividade LTE no menor formato do mercado

A Samsung anunciou hoje o seu novo processador para wearables, o Enyxos W920. Ele é construído com um modem LTE e é o primeiro da indústria a ser feito com um avançado processador de 5nm (nanômetros) e litografia com luz ultravioleta extrema, o que permite uma poderosa, mas eficiente performance que é demandada pela próxima geração de wearables.

“Wearables como smartwatches não são mais apenas um gadget legal para se ter. Eles já são uma parte crescente do nosso estilo de vida, que te ajudam a se manter saudável, seguro e alerta”, disse Harry Cho, vice-presidente de marketing de System LSI na Samsung Electronics. “Com o Exynos W920, os wearables do futuro poderão rodar aplicativos com interfaces visualmente belas, além de oferecer uma experiência de usuário mais responsiva enquanto te mantem contectado com a rápida conexão LTE”.

O Exynos W920 inclui dois núcleos Arm Cortex-A55 para um processamento de alto desempenho e com baixo consumo de energia, e uma GPU Arm Mali-G68 que melhora o desempenho de CPU em torno de 20% e traz um desempenho gráfico dez vezes melhor do que seu antecessor. Com núcleos atualizados e desempenho aprimorado, o Exynos W920 permite que os aplicativos abram mais rápido, além de uma interface de usuário gráfica 3D (GUI) mais atraente e interativa nas telas qHD (960 × 540) dos dispositivos.

Mesmo com os recursos e aprimoramentos mais recentes, o Exynos W920 vem no menor formato atualmente disponível no mercado para wearables com Fan-Out Panel Level Packaging (FO-PLP). A tecnologia incorpora Exynos W920, circuito interno de gerenciamento de energia (PMIC), LPDDR4 e placa de multimídia integrada (eMMC) no mesmo conjunto, usando a configuração System-in-Package-embedded Package on Package (SiP-ePoP). O tamanho compacto do processador permite criar smartwatches com baterias maiores ou designs mais elegantes.

O recurso Always-on-display (AOD) para wearables, especialmente smartwatches, é amplamente adotado, pois torna fácil olhar rapidamente a hora, notificações, chamadas perdidas e muito mais, sem a necessidade de ativar o relógio. Em vez de ligar a CPU principal, o W920 ativa um processador de tela de baixo consumo dedicado, o Cortex-M55, reduzindo o consumo de energia da tela no modo AOD em comparação com o modelo Exynos anterior.

Para uma melhor experiência conectada, mesmo em movimento, o Exynos W920 é integrado com um modem 4G LTE Cat.4, bem como um Sistema Global de Navegação por Satélite (GNSS) L1 para rastreamento de velocidade, distância e elevação durante atividades ao ar livre.

O Exynos W920 oferece suporte para nova plataforma unificada de wearables da Samsung construída em conjunto com o Google, e será usado pela primeira vez no próximo modelo Galaxy Watch (que deverá ser apresentado no Galaxy Unpacked de hoje!).

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA

Mitos e verdades sobre o refrigerador side by side da Samsung, com três portas
Previous articleA influência da comunicação externa nos resultados da empresa
Next articleEmpresas relatam ganhos com locação de frotas: economia com gestão, manutenção e pessoal