Dicas preciosas para quem acessa internet e acha que está protegido, que nunca vão invadir seu computador ou roubar suas senhas: a Kaspersky Lab deixa 7 comportamentos que você deve interromper AGORA.

1.Confiar em qualquer Wi-Fi aberto
Wi-Fi de uma maneira geral representa risco. Por exemplo, criminosos podem criar uma rede e nomeá-lo de maneira comum como “Wi-Fi aberto McDonalds” ou “Hotel Guest 3”, com isso podem armazenar suas senhas e logins de qualquer site que você acesse usando estas redes

2. Senhas muito simples
Nomes de animais de estimação, aniversários, nomes de familiares e coisa do gênero caracterizam as piores senhas possíveis. No lugar disso, tente usar opções difíceis de adivinhar e nada de usar “senha12345” por favor hein?

3. Reutilizar as senhas
Você finalmente achou uma senha incrível, fácil de lembrar e difícil de descobrir. Legal né, mas nada de usar a MESMA senha para diversos serviços, sempre altere alguma item, como substituir o A por @.

4. Clicar em links recebidos por e-mail
Sei que você não faz isso né, mas vale sempre lembrar: clicar em um link de spam ou phishing pode levá-lo automaticamente para um site que baixará um malware para seu computador ou para um site que pode até parecer familiar, mas irá roubar sua senha.

Também não clique em links que servem apenas para atrair likes. Como posts com mensagens como “curta e compartilhe para ganhar um smartphone!” EM 99,9% dos casos ele só quer seu like para criar uma base e depois tentar vender a pagina para alguma outra ação.

5. Fornecer informações de login a qualquer um
Alguém do escritório liga pedindo a senha de acesso para aquele arquivo especial e na pressa você passa. Humm, a não ser que seja o seu chefe não forneça esta informação e se passou para seu chefe altere o mais rápido possível.

6. Avisar a Internet inteira que você estará viajando
Isso é bom né, deixar todos seus amigos na internet morrendo de inveja porque você está saindo de férias e manda nas redes sociais:
-“Na praia por duas semanas – inveja?”;
-“Indo para o México de mañana!”;
-“Alguém pode cuidar do Zé, o cão, enquanto fico fora por duas semanas?”;

E fotos com geolocalização que mostrem onde foram tiradas. Mantenha essa informação apenas para os amigos confiáveis – especialmente no Facebook, que exibe sua cidade de residência.

7. Aceitar as configurações de privacidade padrão de redes sociais
As redes sociais sempre solicitam um grande controle sobre as informações que você transmite. Sempre interessante analisar estas políticas e mudar alguma coisa se você se sentir incômodo. Nada de pensar “Ah, não tenho nada para esconder!”. Não é essa a questão, o problema são seus dados sendo transmitidos para qualquer pessoa, empresa ou criminosos.

São essas as dicas, fique sempre atento porque a internet até pode parecer um parque, mas tem sempre alguém querendo roubar a sua diversão.