Home Novidades HD Externo Western Digital My Passport

[TESTE] HD Externo Western Digital My Passport



Recebemos para teste o HD Externo da WD, modelo My Passport de 1TB. Com visual elegante, boa pegada e rápida transferência de arquivos (via porta USB 3.0), foi uma boa surpresa. [read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

[TESTE] HD Externo Western Digital My Passport
Olá My Passport! =)

O que vem na caixa
O conteúdo da caixa é bem objetivo, como esperado. Acompanha o HD, cabo USB 3.0 e um manual em vários idiomas, em que está inclusive a explicação sobre a (ótima) garantia de três anos.

[TESTE] HD Externo Western Digital My Passport
O que vem na caixa

Design
O My Passport é vendido em algumas cores diferentes, e nós recebemos a branca. A construção exterior é toda em plástico, mas de boa qualidade.

[TESTE] HD Externo Western Digital My Passport
Frente…
[TESTE] HD Externo Western Digital My Passport
…e verso

O drive em si tem um visual robusto e passa a sensação de bem resistente. A metade superior tem um acabamento liso e brilhante, enquanto a metade inferior tem uma superfície com ranhuras e revestimento antirreflexo. Ele parece bastante durável.

[TESTE] HD Externo Western Digital My Passport
Conector USB 3.0 e um led que indica seu funcionamento

Na parte de baixo da unidade, há quatro pequenos pés de borracha para evitar que ela escorregue sobre a mesa.

Especificações e Desempenho
As capacidades de armazenamento disponíveis para o My Passport são de 1TB até 4TB, e a unidade testada é a de 1TB.

Como esperávamos em uma unidade desse tamanho, o My Passport vem formatado com o sistema de arquivos NTFS, que permite copiar arquivos de vários gigabytes de tamanho, sem as limitações do formato FAT32. Está pronto para sair da caixa para o que você quiser. Para testar o desempenho de armazenamento do My Passport, o conectei ao computador e fiz diversas transferências de arquivos, sendo:

– Um arquivo grande, com mais de 5GB;

– Vários arquivos grandes, maiores que 1GB cada;

– Vários arquivos pequenos, mais de 100 arquivos simultâneos, como listas de música, imagens e documentos.

Para eliminar qualquer tipo de gargalo que possa ocorrer no PC, os arquivos de origem foram armazenados em um SSD (solid-state-drive) de alto desempenho, assim consegui extrair o máximo de velocidade da conexão USB 3.0.

Testes
Em todas as transferências não tivemos perdas significativas de desempenho, sempre com números bem parecidos. Na transferência do PC para o My Passport, registrei uma velocidade máxima de gravação de 112 MB/s. Transferindo os arquivos de volta para o computador, a velocidade máxima de leitura foi de 117 MB/s.

Esse desempenho é excelente, exatamente o que se espera de um disco rígido portátil de 2,5 polegadas. Usar essa unidade para fazer backup ou sincronizar muitos gigabytes de dados regularmente não será um problema.

Software Incluído
O My Passport inclui criptografia de dados de software e hardware do WD Backup.

O software WD Backup já vem pré-carregado na unidade. Depois de conectar o HD externo ao seu computador pela primeira vez, você pode acessar o instalador do software diretamente na raiz da unidade (Setup.exe do WD Apps). Leva apenas alguns cliques do mouse para instalar o software.

Uma vez instalado, o WD Backup é executado em segundo plano e faz o backup dos arquivos conforme sua programação. O assistente de configuração para selecionar arquivos para backup é muito simples e intuitivo.

Você pode selecionar os arquivos que quiser no seu computador local. Por padrão, todos os seus documentos, imagens e assim por diante serão selecionados. Além disso, você pode até selecionar arquivos de seus serviços de armazenamento em nuvem. O Dropbox está instalado em meu computador de teste e o WD Backup me deu a opção de obter arquivos de lá.

É uma questão de editar o cronograma de backup a partir daí. O agendamento padrão é de hora em hora, mas isso pode ser facilmente alterado clicando no botão “Editar agendamento”.

A unidade My Passport também inclui o software WD Security. Isso permite que você proteja com senha seu My Passport, impedindo o acesso não autorizado. Essas unidades são bastante portáteis, afinal, é possível que você “esqueça” a unidade acidentalmente em algum lugar público.

Com o software habilitado, será necessário digitar a senha toda vez que quiser acessar a unidade.

Se você acessa a unidade com frequência, talvez seja mais conveniente ativar o recurso de desbloqueio automático da unidade no software WD Security.

Uso no dia a dia
Usei o My Passport por várias semanas como uma unidade de backup pessoal, levando meus arquivos, músicas, filmes (que podemos ver diretamente ao conectá-lo a uma Smart TV com porta USB) e documentos comigo. A unidade é fácil de transportar, apesar de ter cantos meio “afiados”. Se fossem mais arredondados acredito que a pegada seria melhor, mas isso não chega a ser um problema.

O exterior de plástico brilhante parece aguentar bem o desgaste. Pelo menos, mantê-lo dentro da mochila  desprotegido e junto com um monte de outros periféricos não foi um problema, pois a unidade não sofreu riscos.

Uma recomendação para o transporte diário é que você desconecte o cabo da unidade antes de colocá-lo na sua mochila/bolsa, a fim de não danificar o conector e, potencialmente, levar a falhas ao longo do tempo. Não vale a pena o risco quando é tão fácil desconectar o cabo, não é?

Vou mencionar de novo – afinal é um bom diferencial -, mas a unidade inclui uma garantia padrão de três anos. As unidades concorrentes já analisadas por nós incluíam apenas uma garantia de um ano. Você espera que uma unidade de armazenamento externo como essa dure por algum tempo, e uma garantia de três anos dá uma tranquilidade.

Minha experiência pessoal com esse tipo de unidade é que elas são confiáveis ​​se tratadas com cuidados básicos. (Isso significa não jogá-lo por aí, já que há peças móveis por dentro!).

Recomendamos?
Sem dúvida recomendamos o produto. A ideia básica do WD My Passport é ser um dispositivo de backup simples. O software WD Backup incluído é fácil de configurar e usar. Você pode agendar backups automáticos recorrentes, o que ajuda bastante.

Além disso, possui segurança integrada que você pode configurar para que seja necessária uma senha para acessá-lo.

O preço está dentro do esperado no mercado, na faixa de R$ 300, em média (pesquisa atualizada hoje, dia 28/03).

A unidade do My Passport que analisamos não tinha recursos sem fio ou baseados em nuvem. Se você precisar deles, a WD oferece outras opções, basta pesquisar no site.

Se você está apenas após um dispositivo de backup simples sem recursos de rede, o My Passport é uma escolha sólida.

Prós:

Software de backup e segurança;

Disponível em várias cores;

Garantia padrão de 3 anos;

Bom desempenho de transferência de dados

Contras:

Cantos um pouco “afiados”;

Poderia ter um case de transporte

 

[/read]

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA
[TESTE] HD Externo Western Digital My Passport

 

Veja também
Qual a vantagem da saída HDMI OUT?
[TESTE] Cabo USB para smartphone com “garantia infinita”
[TESTE] Headset Live OEX HS 302, ótima opção para práticas esportivas

Previous articleExiste diferença na queda de cabelo entre homens e mulheres?
Next articleDroneShow anuncia a programação de sua 4ª edição