“Uber Humano” faz pessoas irem a eventos no corpo de outras

Que tal manter a sua vida social sem precisar sair de casa? Essa é a ideia do “Human Uber” (Uber Humano), lançado no Japão. [read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

O conceito foi criado pelo pesquisador japonês Jun Rekimonto, que se baseia em uma tecnologia batizada de ChameleonMask.

No site do criador, a tecnologia de telepresença é descrita como uma forma de usar pessoas reais como “avatares” de usuários remotos. Os tais avatares são equipados com uma tela em formato de máscara (um tablet, geralmente um iPad) que mostra, em tempo real, o rosto do usuário que está remoto, e um canal de áudio que transmite a sua voz.

Pelo serviço, o usuário pode contratar pessoas que estejam disponíveis para comparecer a eventos que não poderá ou não quer ir. O site ainda recomenda que o contratado tenha a mesma estatura de quem está pagando pelo serviço.

“É surpreendentemente natural”, afirmou o inventor.

Veja você mesmo:

 

 

[/read]

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA
"Uber Humano" faz pessoas irem a eventos no corpo de outras

 

Veja também
Você sabe o que é wearable? Conheça as “tecnologias vestíveis”
Oito previsões que irão impactar o mercado de tecnologia em 2018
Uso de tecnologia em sala de aula melhora relação entre aluno e professor

Translate »