A indústria sem fio está sempre avançando tecnologicamente, e o Wi-Fi 6 representa o mais recente salto no desempenho em rede. Lançado pelo Instituto de Engenheiros Elétricos e Eletrônicos (IEEE),o  padrão 802.11ax gerou uma nova geração de dispositivos compatíveis de fabricantes em todo o mundo.

Este equipamento pode trazer inúmeros benefícios para as organizações de saúde, que normalmente mantêm infraestruturas complexas. Veja como aproveitar ao máximo o seu investimento em Wi-Fi 6:

Aproveite maiores capacidades de rede com a tecnologia MU-MIMO
Ser multitarefas é um desafio comum de rede. À medida que inúmeros dispositivos se juntam a uma rede, o desempenho pode se degradar. Conversas aguçadas em uma rede enfatizam equipamentos mais antigos, mas o hardware Wi-Fi 6 lida melhor com esse estresse.

Roteadores  Wi-Fi 6, como os modelos DIR-X1860 e o DIR-X5460 da D-Link podem se comunicar com oito dispositivos simultaneamente, graças à tecnologia de entrada múltipla, de múltiplas entradas (MU-MIMO). A capacidade de rede para equipamentos Wi-Fi 6 é quatro vezes maior do que para Wi-Fi 5.

Em ambientes de saúde, grandes instalações contêm centenas, se não milhares de dispositivos sem fio, como computadores, relógios inteligentes, scanners, dispositivos móveis e dispositivos médicos. Cada ponto de acesso Wi-Fi 6 pode lidar com mais dispositivos, melhorando a conectividade e a qualidade do atendimento ao paciente. Colaboração perfeita e acesso a informações médicas salva vidas. O Wi-Fi 6 também melhora a experiência dos visitantes, permitindo que os membros da família compartilhem atualizações médicas de forma mais eficaz.

Aproveite canais mais amplos e densidade de dados
Os hospitais produzem quantidades impressionantes de dados que são compartilhados em suas redes sem fio. Os roteadores Wi-Fi 6 dobraram a largura dos canais pelos quais distribuem tráfego de rede, de 80MHz para 160MHz, em comparação com os padrões sem fio anteriores. Isso significa uma transferência mais fácil de vídeos, imagens médicas, análises e documentos. Administradores e médicos não terão que lidar com downloads lentos ou comunicação atrofiada com serviços em nuvem.

A 1024-QAM, outra tecnologia significativa, permite um rendimento de dados 25% maior, aumentando o desempenho e, ao mesmo tempo, permitindo um melhor monitoramento de pacientes em tempo real.

Desbloqueie cuidados melhorados via eficiência da bateria
O Wi-Fi 6 emprega o Target Wake Time (TWT) para aumentar a vida útil da bateria do dispositivo. Cada dispositivo conectado (ou cliente) periodicamente “acorda” para compartilhar dados e fazer check-in com a rede. Quando isso acontece com muita frequência, pode lavar baterias de energia prematuramente.

À medida que os médicos adotam cada vez mais dispositivos móveis, eles precisam extrair cada grama de vida útil da bateria para mantê-los focados nos pacientes. Desligamentos inesperados podem interromper o atendimento ao paciente ou interromper controles automatizados em uma instalação.

Felizmente, o TWT permite que dispositivos conectados durmam mais profundamente e por períodos mais longos. Isso reduz significativamente o consumo de bateria e mantém todos no circuito.

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA

Quais os cuidados com os cães no verão?