Certamente cada um dos mais de quatro milhões de visitantes que passaram pelo belo e imponente Allianz Parque desde 2014, quando o lendário (mas obsoleto) Palestra Itália deu origem a uma das arenas mais modernas da América Latina, teve uma experiência diferente. Foram realizados diversos espetáculos musicais, eventos corporativos, e, claro, muitos jogos de futebol. Mas agora a WTorre, construtora parceira do Verdão no empreendimento (e “dona” da arena para os próximos 30 anos), quer ampliar ainda mais as opções e fazer com que não apenas os palmeirenses e fãs de música se sintam em casa. [read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

Arena do Palmeiras quer mudar a experiência que você tem no estádioPara isso, a Capital Live, empresa que administra o estádio, e a startup Arena Experience, investiram R$ 1,5 milhão para proporcionar outros tipos de sensações e aproveitar os dias sem som ou bola rolando. A expectativa é a de aumentar o faturamento da arena. De acordo com Rogério Dezembro, CEO da Capital Live, a meta é aumentar o fluxo de pessoas em 30% ainda em 2017. Nos próximos três anos o objetivo é ainda mais ambicioso, triplicar o número de visitantes. Segundo Rodrigo Geammal, um dos sócios da Arena Experience, “a empresa surgiu do desafio que os estádios têm de gerar receita, com o objetivo de convencer novas marcas de que isso pode gerar vantagens para elas”.

O Vida Moderna foi conferir de perto as novidades apresentadas. Destaque para o rapel de 40m, que utiliza a cobertura do estádio e vai até o gramado. A atração faz parte do Tour Radical e os organizadores prometem novidades para os fãs de adrenalina. A reportagem apurou que um pêndulo, para os corajosos de plantão ficarem pendurados sobre o gramado, está sendo estudado para os próximos meses.

Os fanáticos por futebol e cerveja poderão optar pela “Saideira”, experiência de um bar temático que servirá como uma mesa redonda entre fãs e atletas, com possibilidade de fotos e autógrafos com ídolos do presente e do passado.

Atrações mais antigas estão sendo reformuladas. O tour tradicional pelas dependências do estádio recebeu roteiros temáticos. O foco são as glórias do Palmeiras e as grandes atrações da música e do entretenimento que passaram pelo local. Já aqueles que sempre sonharam em disputar uma partida oficial pelo clube, mas não seguiram a carreira de jogador, poderão realizar o desejo sob o comando de ídolos alviverdes, que atuarão como treinadores.

Febre principalmente entre os mais novos, os fãs e-sports poderão ter um “Game Experience” nos dois telões de alta definição, os maiores da América Latina em área coberta, com 103 metros quadrados cada um, o que equivale a 200 televisores de 42 polegadas, um ao lado do outro. Vale lembrar que a casa do Palmeiras já recebeu uma edição do CBLol, campeonato brasileiro de League of Legends, lotando as arquibancadas do anfiteatro em 2015.

Com tanta novidade, uma coisa é certa, os ultrapassados estádios deficitários estão ficando para trás, e no meio das modernas arenas multiuso surgidas no Brasil depois da Copa do Mundo de 2014, o Allianz Parque sai mais uma vez na frente.

Por Arthur Gandra

[/read]

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA
Arena do Palmeiras quer mudar a experiência que você tem no estádio