O Rock in Rio é considerado o maior festival musical do mundo. Originalmente idealizado para o Rio de Janeiro, de onde vem o nome, tornou-se um evento internacional em 2004 quando teve sua primeira edição fora do Brasil, em Lisboa, Portugal. [read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

Por causa da pandemia do covid-19, o Rock in Rio Lisboa 2020, que aconteceria nos dias 20, 21, 27 e 28 de junho, foi adiado para os dias 19, 20, 26 e 27 de junho de 2021. Com a mudança, a 9ª edição do Rock in Rio Lisboa acontecerá no mesmo ano em que o festival será realizado no Brasil.

Com mais tempo para planejar sua viagem, reunimos 5 principais pontos turísticos que não podem faltar no roteiro pela capital portuguesa.

Vale lembrar que o Rock in Rio Lisboa acontece no Parque da Bela Vista, não muito longe das principais atrações da cidade e de mais fácil acesso do que o Parque Olímpico no Rio de Janeiro. O local também está a menos de 10 minutos de carro do Aeroporto Internacional de Lisboa, que recebe voos diretos do Rio de Janeiro a Lisboa.

Visitar o Castelo de São Jorge
Construído sobre a colina mais alta do centro histórico em devoção ao santo padroeiro dos cavaleiros e das cruzadas, a fortaleza preserva ainda 11 torres e proporciona aos visitantes uma vista incrível de Lisboa e do rio Tejo.

Conheça 5 pontos turísticos imprescindíveis pós-Rock In Rio Lisboa

É uma atração concorrida, então pode compensar comprar ingressos com antecedência no site ao visitar na semana do festival para evitar filas!

Conhecer a história do Fado
Se a ideia é uma experiência imersiva no mundo da música, porque não aproveitar a viagem para também conhecer o ritmo nacional, o Fado. Perto do Cais do Sodré, o Museu do Fado dá uma visão histórica do gênero, e o Museu Casa Amália Rodrigues explica mais sobre a maior estrela do estilo.

No bairro tradicional da Alfama, é possível assistir apresentações ao vivo enquanto desfruta de um jantar típico.

Conheça 5 pontos turísticos imprescindíveis pós-Rock In Rio Lisboa

Explorar a Praça do Comércio e a Rua Augusta
Situada junto ao rio Tejo, a Praça do Comércio abrigou o palácio dos reis de Portugal por cerca de 200 anos, e é uma das maiores praças da Europa. O local, que hoje está parcialmente ocupada por alguns departamentos governamentais, era antes zona de desembarque e comércio de mercadorias como ouro, pau-brasil, especiarias, entre outros.

Conheça 5 pontos turísticos imprescindíveis pós-Rock In Rio Lisboa

No lado norte da praça está o imponente Arco Triunfal, que conduz à Rua Augusta, uma das mais famosas de Lisboa. Fechada para pedestres, a rua é decorada com calçadas em mosaico e tem várias lojas, bares e cafés para explorar!

Andar de Elétrico 28
Um clássico de Lisboa que não pode faltar é o bonde elétrico 28, amarelo por fora e com o interior forrado de madeira. Ele sai de Martim Moniz, subindo as ladeiras de Alfama e passando por pontos históricos como a Baixa, o Chiado, Santos e até chegar em Campo de Ourique, perto da Casa Fernando Pessoa.

Conheça 5 pontos turísticos imprescindíveis pós-Rock In Rio Lisboa

Um passeio pela Torre de Belém e Mosteiro dos Jerônimos
Construída no século 16 como fortaleza defensora do porto de Lisboa, a Torre de Belém é considerada Patrimônio Mundial pela UNESCO. À margem do Rio Tejo, o cartão-postal fica próximo ao Padrão dos Descobrimentos, escultura que celebra a história da expansão ultramarina portuguesa.

Conheça 5 pontos turísticos imprescindíveis pós-Rock In Rio Lisboa

Por ali também são servidos os autênticos Pastéis de Belém. E mais adiante, pode-se visitar o Mosteiro dos Jerônimos, belíssimo monumento que abriga os túmulos de Vasco da Gama, Luís Vaz de Camões e Fernando Pessoa.

 

[/read]

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA
Conheça 5 pontos turísticos imprescindíveis pós-Rock In Rio Lisboa

 

Veja também
Atenção com esses 5 cuidados para um verão mais saudável
Concurso global premia projetos de moda sustentável
Sou Rio Sustentável promove retirada de pichações das pedras do Arpoador