Home NOTÍCIAS Conheça as vacinas do primeiro ano de vida do bebê

Conheça as vacinas do primeiro ano de vida do bebê

Logo no primeiro ano de vida é necessário vacinar os pequenos, e não são poucos os tipos de vacinas. [read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

Graças aos constantes avanços da ciência e da medicina, é possível proteger os bebês de diversas doenças sérias que podem provocar consequências graves. Por isso, é muito importante estar atento ao calendário vacinal e respeitar algumas particularidades das vacinas.

A primeira dica é: onde vacinar as crianças, hoje em dia temos a possibilidade de vacinar pelo sistema público ou em clínicas particulares. Algumas vacinas são iguais nos dois sistemas, portanto é válido utilizar o serviço público para isso. Bastante prático, basta levar a carteira de vacinação, documento de identidade e cartão do SUS da criança. No entanto, algumas vacinas são diferentes e mais completas na rede privada, como a Pneumocócica, Meningocócica e a Rotavírus.

É importante manter o cartão de vacinas das crianças bem guardado e levar em todas as aplicações, pois serão registradas informações importantes como a data da aplicação e o lote da vacina.

Respeitar o prazo das vacinas é essencial, as de bactérias não podem ser aplicadas antes do intervalo recomendado e se passar do prazo pode perder a validade. Algumas vacinas podem ser administradas de modo combinado, o que é recomendado, pois diminui o número de picadas e estresse para os pequenos.

Separamos uma lista das vacinas que os pequenos precisam receber no primeiro ano de vida. Acompanhe:

BCG: Dose única de vacina contra a Tuberculose, realizada no braço direito, é aquela que geralmente provoca uma pequena cicatriz. Pode ser realizada ainda no hospital logo após o nascimento dos bebês.

Hepatite B: São 3 doses no total aplicadas logo após o nascimento, nos 2º e 6º meses de vida. Também pode ser aplicada a primeira dose no hospital antes da alta.

DTP: Vacina conhecida como tríplice bacteriana, protege contra Difteria, Tétano e Coqueluche. São 3 doses no total e mais 2 reforços. No primeiro ano de vida são aplicadas nos 2º, 4º e 6º meses.

Hib: Contra a bactéria Haemophilus B, causadora de diversas doenças como meningite, pneumonia e epiglotite. São 3 doses no total aplicadas nos 2º, 4º e 6º meses de vida, além de 1 a 2 reforços.

Pólio: Vacina que protege contra a Paralisia Infantil, tem 2 formas de apresentação, Oral (Sabin) e Injetável (Salk), sendo recomendada a Salk, num total de 3 doses nos 2º, 4º e 6º meses e 2 reforços.

Rotavírus: Contra vírus associado a doenças diarreicas. Vacina oral realizada em 2 doses, nos 2º e 4º meses.

Pneumocócica Conjugada: Protege contra bactéria causadora de pneumonia e meningite. São aplicadas 3 doses nos 2º, 4º e 6º meses de vida além de 1 reforço.

Meningocócica C: Protege contra a meningite e devem ser aplicadas duas doses nos 3º e 5º meses de vida e 1 reforço. Pode ser substituída pela ACWY ou complementada por essa.

Meningocócica B: Protege contra a meningite B e sugere-se aplicações aos 3 e 5 meses com reforço entre 12-15 meses. Mas, o esquema pode ser adaptado de acordo com a idade da criança.

Influenza: Vacina contra alguns tipos de vírus causadores de gripe, sendo aplicadas 2 doses com intervalo de 1 mês entre elas, a partir do 6º mês de vida e com reforço anualmente.

SCR: Vacina tríplice viral contra sarampo, caxumba e rubéola sendo indicado 2 doses, a primeira com 1 ano de vida e a segunda entre 4 e 6 anos de idade.

Varicela: Proteção contra o vírus causador da catapora, devem ser aplicadas 2 doses sendo a primeira com 1 ano e o reforço na fase pré escolar.

Hepatite A: Vacina realizada em 2 doses com intervalo de 6 meses, sendo a primeira com 1 ano de idade.

 

[/read]
 

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA
Conheça as vacinas do primeiro ano de vida do bebê

 

Veja também
Brasil Game Show de 2020 é oficialmente adiada
LG apresenta novo Monitor UltraWide Gamer
Ensino universitário e mercado de trabalho: mind the gap

Previous articleComo é viver na capital do Brasil? O passado e o presente de Brasília
Next articleMediaTek lança os chips gamers Helio G35 e G25