Política, religião, esporte, saúde, comportamento, etc. Com certeza você tem uma opinião sobre esses assuntos e já discutiu sobre isso na internet. É com o objetivo de dar voz ao debate de maneira organizada que surgiu o…[read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

…Quinto, a nova rede social onde você se expressa sobre tudo.

A rede é acessada através de um aplicativo gratuito disponível para iOS e Android. Com uma interface simples, ele apresenta perguntas diversas, organizadas em 11 categorias – Mundo, Política e Economia, Comportamento, Meio Ambiente, Sexo e Relacionamento e Saúde e Bem-estar são algumas delas. Os participantes podem responder a sim ou não às suas perguntas de interesse e debater com outras pessoas.

O app foi criado com a finalidade de transformar o modelo de democracia política e, no futuro, pressionar governos com a opinião da população. “O Quinto nasceu de uma insatisfação que eu estava sentindo com todas as coisas acontecendo à nossa volta, como problemas de violência, intolerância, alienação, corrupção e falta de informações confiáveis. Senti a necessidade de mudar as coisas e essa vontade ficou maior quando eu percebi que essa insatisfação não era só minha, mas de todas as pessoas. E elas também estão querendo se tornar protagonistas de alguma mudança”, diz o fundador e CEO da startup criadora do Quinto, André Bastos.

Segundo o publicitário, pela informação, voto e debates será possível construir opiniões coletivas para mudanças sociais e, à medida que a quantidade de usuários for crescendo, essas respostas terão que ser ouvidas e respeitadas por quem está em alguma posição de poder, seja público ou privado, transformando o app em uma ferramenta de democracia direta.

Para o sócio e Diretor de Operações, Bruno Alves, o processo eleitoral como está, com uma eleição de quatro em quatro anos, onde se dá uma procuração em branco para alguém minimamente conhecido e que não exerce o seu papel da forma que gostaríamos, é um processo que precisa ser aprimorado. “E essa é uma das nossas vocações: dar a oportunidade para as pessoas aperfeiçoarem esse processo com suas opiniões”, afirma.

Como funciona?
Após baixar na loja de aplicativos e fazer um cadastro, você seleciona suas categorias de interesse. A partir daí, poderá navegar entre as perguntas de cada área. As questões mais votadas ficam em destaque na home, na seção “trends”.

Cada questão tem um texto de apoio, curto e informativo, para dar uma base de conhecimento a quem vai responder. Depois de votar em sim ou não, o usuário terá acesso ao resultado da votação e ao campo para debater opiniões.

“O Quinto é uma rede diferente das outras. Não há espaço para fake news. Os textos, que dão base para as votações, são produzidos por jornalistas internos e têm como objetivo a simplicidade, para dar o mínimo de informação para que a pessoa compreenda o assunto e consiga opinar”, comenta a Diretora de Conteúdo, Bianca Celoto.

Além da garantia de neutralidade e credibilidade do conteúdo, o Quinto também é diferente das outras redes sociais porque o usuário não sofre a interferência de anúncios enquanto usa o aplicativo. “O Quinto ainda garante a proteção e não comercialização dos dados individuais dos usuários”, completa Bruno Alves. Essas medidas têm como objetivo manter a rede “limpa”, organizando e deixando os debates com o mínimo de intervenção.

O aplicativo é inédito no Brasil e no mundo e está disponível para baixar nos sistemas Android e iOS desde junho deste ano. Entre os próximos passos de evolução do app, a startup está desenvolvendo recursos voltados para áreas de gamificação, inteligência artificial e blockchain.

[/read]

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA
Conheça o aplicativo de conhecimento e debate que quer devolver voz à opinião pública

Veja também
Segurança dos dados é a discussão mais importante da década
Fake News: o problema global que ameaça o exercício da democracia
Viagem é a categoria com a melhor conversão no e-commerce brasileiro