NOVIDADES

Maquinário de Transportes está sucateado no Amapá

by 22 de janeiro de 2015 0 comments

A nova administração da Secretaria Estadual de Transportes do Amapá denunciou o total abandono do maquinário que seria utilizado para obras de infraestrutura e mobilidade. Segundo o titular da pasta, Odival Monterrozo, o pátio tornou-se um cemitério de veículos pesados que representa prejuízos ao patrimônio da secretaria.

Imagens disponibilizadas no site mostram toneladas de maquinário jogados. Algumas máquinas foram desmontadas quase que inteiras. Estes equipamentos em desuso seriam úteis para abrir novas rodovias, por exemplo. “Pessoas que amam, que gostam do equipamento não deixariam isso ficar assim. Trata-se de uma total falta de zelo da gestão passada”, comentou o secretário.

A secretaria calcula que os equipamentos deveria ter utilidade por mais três décadas se feita a revisão constante. No entanto, o órgão não possui contrato de manutenção das máquinas. Os funcionários que eram responsáveis pela manutenção das máquinas foram desviados de suas funções e estão lotados em outras secretarias.

Um boletim de ocorrência foi registrado por depredação ao patrimônio público. “Isso que nós encontramos aqui é um crime. O estado lamentável dessas máquinas me deixou profundamente triste. Além do mais, aqui existiam pessoal e ferramentas próprios para a manutenção dessas máquinas e hoje nós não temos mais nenhum”, explicou Monterrozo.

Algumas máquinas, conforme denunciou o secretário, estão cedidas para cidades do interior, mas não há informações sobre o estado de conservação. A falta do maquinário também paralisou obras importantes no Estado, além de terem causado a extinção de outras unidades da secretaria de transportes.

Uma equipe foi nomeada para levantar a situação do patrimônio da secretaria. O relatório será concluído em fevereiro e servirá de base para o plano de restauração das máquinas.

No Comments so far

Jump into a conversation

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

<

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.