Por Ivan Zeredo*

É tempo de Copa do Mundo e independente da crise econômica ou política vivenciada pelo país, este é um evento que impacta diretamente no cotidiano dos brasileiros. O “Clima da Copa” influencia a autoestima nacional, a decoração das ruas e o comportamento das pessoas. [read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

No entanto, o que não podemos ignorar é que, diante desse contexto, os hábitos de compra do consumidor também mudam. De forma que, as lojas online que têm como objetivo impulsionar os resultados ou manter o mesmo ritmo de conversões, devem se atentar para essas variações de perfil que ocorrem durante o Mundial.

Para que o comércio eletrônico possa se adaptar e preparar estratégias mais eficientes no período, é válido considerar alguns fatores importantes:

Horários flexíveis
Os jogos da Copa do Mundo se inserem na rotina dos consumidores que, consequentemente, passam a ficar mais tempo em casa ou em confraternizações durante a semana. Nesses momentos de descontração é esperado que os usuários tenham uma disposição menor para compra.

Sendo assim, é preciso lembrar que campanhas programadas para este período podem ter um impacto quase nulo. O mais indicado é agendar as ações de engajamento para antes ou bem depois dos jogos.

A mudança nos horários também pode influenciar os hábitos dos usuários que costumam fazer compra durante o período de trabalho utilizando o desktop. Com a flexibilidade da agenda e uma jornada de trabalho menor, é conveniente pensar em estratégias que priorizem a comunicação por dispositivos móveis.

Campanhas anunciadas antecipadamente e que adotem notificações via aplicativos, redes sociais ou SMS, tendem a ter melhor desempenho nestes dias.

Atenção do consumidor
Conquistar a atenção do consumidor durante a Copa do Mundo está entre os grandes desafios do e-commerce na época. Neste caso, vale aplicar o ditado popular que diz, “Se você não pode ir contra, junte-se a eles”.

Se o objetivo é engajar o consumidor, um bom caminho é seguir com a maré e fazer campanhas vinculadas ao tema como ações promocionais relacionadas ao placar dos jogos, personalizar produtos com os nomes dos jogadores e, até mesmo, oferecer brindes para incentivar as compras… É preciso ser criativo, mas sempre com um planejamento estratégico.

Crescimento dos serviços de entrega
Nos dias de jogos o que os torcedores mais buscam é comodidade para assistir as partidas, por isso, os serviços delivery, geralmente, são os mais procurados. O momento traz boas oportunidades para aplicativos e lojas online, que atuam neste nicho de mercado, ideal para realizar campanhas promocionais que agreguem valor aos usuários, como descontos ou códigos promocionais personalizados.

É importante frisar que lojas online que oferecem produtos esportivos e adereços temáticos da Copa do Mundo, também tendem a ser impactadas por esse crescimento sazonal, o que requer uma maior atenção aos serviços de frete. Quanto mais rápida e eficiente forem realizadas as entregas, melhor será a experiência do usuário no e-commerce.

*Ivan Zeredo, diretor de marketing do Cuponomia

[/read]

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA
O impacto da Copa do Mundo nas estratégias de venda do e-commerce

 

Veja também
Tem robô na linha: conheça as vantagens, aplicações e desafios dos chatbots
Robô vai representar o Brasil na maior competição de tecnologia do mundo
Conheça o robô portátil que realiza testes oftalmológicos