NOVIDADES

Programa que oferece CNH de graça a profissionais credencia parceiros


by 23 de janeiro de 2015 0 comments

O programa CNH Social, idealizado pelo Sest Senat para oferecer CNHs gratuitamente a profissionais do setor de transportes de carga e de passageiros, credencia clínicas e Centros de Formações de Condutores (CFCs) responsáveis pelos exames obrigatórios para aquisição da primeira habilitação.

Cumprida esta etapa, os candidatos selecionados a participar do programa serão chamados para início do processo de formação. A previsão é de que os primeiros cidadãos sejam chamados em março. O Sest Senat orienta os beneficiados a manter atualizado o e-mail cadastrado na inscrição. A comunicação com os selecionados será feita exclusivamente pelo correio eletrônico.

Todos os custos com a habilitação serão de responsabilidade do órgão. O Sest Senat vai investir R$ 140 milhões nos dois projetos, até maio. “Os projetos contribuem para aumentar as possibilidades de emprego e renda para essas pessoas e para disponibilizar mais motoristas profissionais no país. Queremos atrair o jovem para essa profissão tão importante e despertar o interesse naquelas pessoas que já dirigem”, diz o presidente do Sest Senat, Clésio Andrade.

CNH Social
A proposta do projeto CNH Social é atender a demanda do setor de transportes, que hoje precisa de cerca de 100 mil profissionais para atuar nas áreas de cargas e de passageiros. Neste ano, a meta é financiar 60 mil novas habilitações em todo o país. No caso do Maranhão, ainda não foi estipulado o número de habilitações que serão concedidas aos cidadãos de baixa renda.

O Sest Senat arca com o custeio de todas as etapas de mudança de categoria de CNH para as categorias C, D e E. O serviço também paga a primeira habilitação para jovens que queiram atuar no setor. Serão financiadas 30 mil CNHs em 2015 para mudança de categoria e outras 30 mil para motoristas iniciantes.

No Comments so far

Jump into a conversation

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.