Verão, sol, calor e a correria do dia a dia e você nem percebe que está desidratado, que é a redução da quantidade de líquido no organismo.

Não tem segredos para evitar a desidratação: basta beber líquidos (não alcoólicos ok) com frequência e nas quantidades adequadas para sexo, idade, nível de atividade física, nível de exposição ao calor e ao sol.

Algumas dicas de que você pode estar desidratado:

1 – Os sintomas iniciais são dor de cabeça, irritabilidade, sede e boca seca.

2 – Com a evolução, redução da produção de urina, náuseas, vômitos e mal estar geral.

3 – Depois, é comum o paciente registrar perda de peso, cansaço e sonolência.

4 – Os quadros mais graves e extremos são de confusão mental e até mesmo coma.

5 – Em crianças pequenas, a febre é também um sintoma frequente.

Na fase inicial, o tratamento é muito simples: beber água. Caso não seja possível, a hidratação venosa (sim, aquela direto na veia) com soro fisiológico será indicada pelo médico. Fonte: Lavoisier

Então fiquem atentos os sintomas, bebam água e aproveitem o verão.