Home Novidades Segurança Digital: mulheres são maiores vítimas de vazamentos de informações

Segurança Digital: mulheres são maiores vítimas de vazamentos de informações

 

Segurança Digital: mulheres são maiores vítimas de vazamentos de informações

Dados da última pesquisa feita pela ONG SaferNet mostram que, no Brasil, em 2016, dos 301 casos de compartilhamento de fotos íntimas registrados, 70% envolviam mulheres. Além disso, nos casos de cyberbullying ou discriminação, 65% das 321 denúncias oficiais feitas tinham o público feminino como principal alvo.

Para ajudar a combater esses tipos de crimes digitais a PSafe reuniu algumas dicas práticas de segurança. Confira:

 

– Antes de tudo, evite o compartilhamento de dados pessoais e fotos em sites não seguros, onde você está mais sujeita a ter suas informações roubadas.

– Reforce a segurança das senhas que utiliza. Evite senhas óbvias, como datas de aniversários ou telefones, e use senhas diferentes para cada site ou serviço que utilizar.

 

Se mesmo tomando cuidado você teve fotos vazadas, veja o que é preciso fazer:

– Registre um Boletim de Ocorrência. Reúna tudo o que foi divulgado e vá até uma delegacia. Qualquer compartilhamento de material sem sua autorização é crime.

– Procure um advogado ou suporte jurídico – as Promotorias Públicas também pode ajudar.

 

– Conte com a ajuda de amigos e familiares.

Previous articleMulheres na tecnologia mostram conscientização e empoderamento
Next articleVai trocar de smartphone? Veja o que você precisa considerar antes de sair comprando
Diretor de Conteúdo do Portal Vida Moderna

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.