Vai trocar de smartphone? Veja o que você precisa considerar antes de sair comprando

Todos os meses somos bombardeados com notícias dos principais fabricantes de smartphones com destaques e lançamentos. Há sempre um modelo mais novo, mais moderno, que todo mundo precisa ter… mas calma! Antes de sair comprando um smartphone novo porque “todo mundo está comprando” seguem algumas dicas do que considerar antes de trocar de aparelho:

– Sistema operacional. Os principais sistemas são o Android, utilizado pelos principais fabricantes (Samsung, LG e Motorola, entre outros) e o iOS, sistema exclusivo da Apple para os iPhones. Há ainda aparelhos com Windows Phone, mas que oferecem menos recursos do que os dois sistemas anteriores. Smartphones com Android são mais populares, com mais ofertas de aparelhos, mas se você migrar de plataforma – de Android para iOS e vice-versa – precisa estar disposto a aprender do zero como trabalhar com o aparelho, pois os sistemas são bastante diferentes.

– Versatilidade. Isso vale principalmente para aparelhos com Android, pois a variedade de configurações é grande e depende de fabricante para fabricante. Isso impacta no número de aplicativos que já vem instalados no aparelho e o espaço de memória que ocupam, e cada fabricante tem sua customização. De qualquer forma, você precisa de uma conta no Google para trabalhar com mais aplicativos – e são milhões de opções de serviços!

– Complementos. Acessórios como fones de ouvido e carregadores podem encarecer a compra de um iPhone, já que não existem tantas opções genéricas compatíveis com os aparelhos. Por outro lado, a sincronização entre os produtos Apple é uma das grandes vantagens que usuários citam: se você já usa um iPad, iPod ou computador Mac, a integração com o smartphone é mais prática. Se você perde ou quebra acessórios com mais frequência pode ser melhor adotar aparelhos com Android, com mais opções e ofertas, inclusive dos próprios fabricantes.

– Orçamento. Provavelmente um dos critérios mais importantes quando queremos trocar de aparelho. Se isso não é um problema para você (sonho de consumo!) pode explorar as principais opções nos dois sistemas operacionais. Se não for o seu caso, lembre-se que aparelhos com Android tem uma faixa de preço bem mais ampla do que aparelhos Apple. A configuração dos aparelhos Android é bem mais variada, com smartphones de entrada custando até R$600,00; já iPhones podem custar três vezes mais, sem tantas opções de configuração. Você sempre pode verificar também as promoções das operadoras ou aproveitar ofertas de temporada, como no Natal ou no Black Friday.

– Novos x Usados. Aparelhos usados só valem a pena se estiverem muito conservados. É preciso prestar atenção à sua origem, de quem você está comprando, e se o valor pedido vale a pena, especialmente diante de tantas ofertas de aparelhos novos. Na dúvida, leve o smartphone a uma assistência técnica para que seja avaliado e assim você consegue saber se o valor pedido está de acordo.

Quais as suas dicas na hora de trocar de celular? Compartilhe com a gente!