dormir ao volante

Os acidentes de trânsito no Brasil matam cerca de 45 mil pessoas por ano e deixam mais de 160 mil com lesões graves em uma estimativa conservadora, conforme dados da Datasus. A maioria destas mortes ocorre nas rodovias brasileiras e representa perdas superiores a…[read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

…R$ 12 bilhões anuais para a sociedade, segundo o estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA). Deste total de custos, a maior fatia corresponde a prejuízos relativos à produção, seguidas pelos gastos com os veículos e hospitalares.

Os números de ocorrências e seus custos são impressionantes e se tornam ainda mais alarmantes se considerado que a maioria dos acidentes envolve um veículo de carga (cerca de 80%), cujo peso e velocidade pode agravar as consequências socioeconômicas e ambientais. Além disso, há um fator muito preocupante, o Observatório Nacional de Segurança Viária em outra pesquisa, realizada em junho de 2018, constatou que o sono e o cansaço são responsáveis por até 50% dos acidentes.

Esta constatação foi um dos motivadores para que a everis, companhia integrante do Grupo NTT DATA, em parceria com a startup Carenet Longevity, elaborassem o Morpheus. Trata-se de uma solução tecnológica de gestão e monitoramento do sono, que acoplada à cabine do veículo e ao condutor, por meio de eletrônica embarcada e um boné inteligente, monitora ondas cerebrais para identificar sinais de sonolência e emitir alertas sonoros, possibilitando a prevenção de maiores riscos.

Todos os dados gerados pelo Morpheus são enviados para um dashboard inteligente na nuvem, que é atualizado em tempo real e pode ser customizado conforme as necessidades específicas de cada empresa. Os dados registrados são acompanhados e analisados pelos profissionais da everis e do cliente, que assim podem verificar anomalias e propor melhorias nos processos logísticos, visando maior produtividade e segurança, associadas a menores custos.

“O Morpheus é o resultado de um trabalho em equipe bem-sucedido, que visava tornar uma ideia inovadora em um produto útil e benéfico para as pessoas, as empresas e a sociedade como um todo”, afirma Hélio Fischer, gerente do projeto Morpheus. Segundo ele, desde o princípio, havia a preocupação de atender às demandas de saúde, bem-estar e comodidade dos condutores e de redução máxima dos acidentes provocados pelo sono e o cansaço proveniente das empresas.

Hélio explica ainda que “por esta razão, o Morpheus é uma solução cujo uso é leve e confortável e entra em funcionamento no momento em que o caminhão é ligado, se desligando automaticamente junto com o veículo. Seu funcionamento é simples e eficaz, ao monitorar as ondas cerebrais, identifica características de sonolência com 30 segundos de antecedência e emite um alarme para manter o motorista em estado de alerta.”

O objetivo, de acordo com Immo Paul, CEO da Carenet Longevity, sempre foi atuar de forma preventiva em relação aos acidentes e aplicar business analytics aos dados coletados e combinados para assim gerar insights para a gestão do sono. “Nossa parceria resultou em uma solução eficaz que aumentará a segurança nas operações de nossos clientes, oferecendo comodidade e proteção aos condutores, e, simultaneamente, protegerá a imagem e a reputação das companhias”, esclarece Paul.

O Morpheus resulta de um método de trabalho adotado pela everis há anos, que privilegia a atuação em um ecossistema de cooperação com startups e clientes para promover a inovação em benefício dos processos empresariais e da sociedade. De imediato, a consultoria tem como foco comercializar o sistema para transportadoras de cargas e empresas de ônibus rodoviários, que percorram longas distâncias.

“Acreditamos que teremos uma excelente receptividade dos frotistas, pois já realizamos mais de 150 testes para diferentes empresas, com o monitoramento simultâneo de mais de 50 motoristas. Mas o Morpheus pode ser adequado para gerir e monitorar o sono de motoristas de guindastes e grandes equipamentos agrícolas, bem como para gerir o sono de médicos plantonistas e outros profissionais que trabalham em longos turnos”, detalha Fischer.

As expectativas em relação ao Morpheus são ambiciosas, pois quanto maior o número de unidades vendidas, mais acessível se torna o custo da solução para os clientes. No momento, o preço inicial está entre R$ 100,00 e R$ 200,00 por mês. “Em um ano, nós queremos monitorar 5 mil caminhões em território nacional e ampliar anualmente o volume de vendas em 100% nos próximos cinco anos”, salienta o executivo da everis.

[/read]

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA
Sistema de gestão de sono monitora e analisa ondas cerebrais e garante segurança aos motoristas

Veja também
Para reduzir mortes de animais nas rodovias, Câmara analisa construção de ecodutos
Conheça as 5 tecnologias que irão reduzir os acidentes nas ruas
Pesquisa inédita confirma imprudência de motoristas brasileiros em rodovia