Hoje o teste será com uma unidade SSD da Crucial, a MX300 de generosos 2TB de capacidade! [read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

[TESTE] SSD Crucial MX300 de (incríveis) 2TB
Olá SSD!

Antes de começar efetivamente a análise é preciso ressaltar um ponto positivo, além do espaço ENORME em uma unidade desse tipo: Podemos afirmar que a unidade possui realmente 2TB, e não “2000GB” como geralmente vemos unidades de armazenamento comuns (os tradicionais HDs). E o motivo é simples, 1TB de capacidade = 1024GB! Ou seja, 2TB equivale a 2048GB, então a unidade MX300 até ultrapassa um pouco a capacidade.

O que vem na caixa
Na caixa vem o SSD, um espaçador para que ele possa ser preso em uma baia de 9,5mm no gabinete e a licença do software ACRONIS, para clonagem de disco. É só baixar, instalar e registrar.

[TESTE] SSD Crucial MX300 de (incríveis) 2TB
Conteúdo básico

O SSD
O exterior da unidade segue o padrão de outras unidades de SSD, de 2,5 polegadas e apenas sete milímetros de espessura, com corpo em alumínio (que ajuda na dissipação do calor) e o adesivo MX300 na parte de cima. No verso um adesivo branco que lista informações sobre a unidade, incluindo sua capacidade.

[TESTE] SSD Crucial MX300 de (incríveis) 2TB
Frente do SSD (ao fundo a caixa e o adaptador)

Toda a linha MX300 possui alguns pontos ligeiramente diferentes de outros SSDs do mercado devido ao uso de chips NAND de 384GB o invés dos mais comuns de 256GB. isso significa apenas que a placa terá menos chips, pois eles são de maior capacidade, e o desempenho será similar. A Crucial utiliza a criptografia baseada em hardware AES de 256 bits e a tecnologia RAIN para proteção de dados, e a unidade usa a Proteção Térmica Adaptativa para evitar o superaquecimento da unidade e reduzir o consumo de energia. A controladora da unidade é da Marvell.

[TESTE] SSD Crucial MX300 de (incríveis) 2TB
Parte de baixo do SSD

Instalação
A instalação também é padrão, conectamos o cabo SATA em uma porta SATA 6Gb do PC, para aproveitarmos o máximo de desempenho da unidade, e o cabo de energia.

[TESTE] SSD Crucial MX300 de (incríveis) 2TB
Conectores

Testes
Aqui a brincadeira começou! Normalmente o que mais chama a atenção de uma unidade de SSD é sua velocidade, muito superior a um HD convencional, e a MX300 não decepcionou, atingindo valores bem próximos aos indicados pelo fabricante e, em média, cerca de quatro vezes mais rápido que um HD.

Embora os resultados de benchmarks sintéticos sejam importantes para identificar os principais pontos fortes e fracos de uma unidade, o desempenho nesses testes nem sempre se traduz diretamente em situações do mundo real. Como nosso foco aqui não é técnico e sim o usuário final, realizei testes comuns, como instalação de programas pesados, transferência de grandes pacotes de arquivos e execução de diversas tarefas simultâneas, a fim de fazer a unidade trabalhar de verdade. Esses valores são medidos em IOPS (operações por segundo), MB/s (nesses casos quanto maior o número, melhor) e com tempos de latência (quanto menor a latência, melhor).

O primeiro teste foi a reprodução de um vídeo em resolução Full HD em dois reprodutores diferentes, por um período de cinco minutos: O MX300 não engasgou em nenhum momento e manteve a média de 320,5 MB/s, 6,647 IOPS e uma latência de 1,126ms, resultados na média para a unidade.

O próximo teste simula a atividade do disco de uma estação de trabalho, como em um escritório. Executei o Windows 7 juntamente com o Office 2010, navegação na web usando o Chrome e o Firefox com pelo menos quatro abas abertas em cada um deles, editando arquivos no Word e Excel, visualizando PDFs no Adobe Reader, executando Skype e ouvindo música online. De novo a unidade não teve problemas e executou todas as atividades de maneira correta, sem travamentos, com resultados de produtividade medianos, com desempenho de 160.2 MB/s, 4.513 IOPS e uma latência de 1.714ms.

O último teste de vida real foi simular a atividade do disco durante um jogo. Esta simulação exige bastante da unidade, com mais de 90% de operações de leitura. Executei três jogos, o The Witcher, Need for Speed e um jogo de golfe online, todos baixados e instalados no SSD. Aqui o desempenho ficou um pouco abaixo do que se esperava mas ainda assim cumpriu sua tarefa, com 369.7 MB/s, 7.994 IOPS e uma latência de 1.012ms.

Conclusão
A unidade da Crucial MX300 oferece muito espaço e um desempenho que vai surpreender, especialmente quem está migrando de um HD para um SSD. Quem já possui um SSD não vai ficar muito impressionado com sua performance, mas sim pelo tamanho oferecido. Não significa que ela seja ruim, muito pelo contrário, mas está na média de seus concorrentes. Deve-se ter em mente que a unidade não foi criada para ser a mais rápida de todas, e sim ter um desempenho eficiente e seguro.

Em cargas de trabalho diferentes o SSD manteve um bom desempenho, não sofrendo mesmo com muitas atividades simultâneas.

Agora seu maior problema é o alto preço. Os SSDs ainda tem um custo elevado, e a unidade testada está muito acima da média de tamanho encontrado no mercado atualmente. Enquanto uma unidade mais comum, de cerca de 120GB, custa em torno de R$ 300,00, o MX300 de 2TB atinge R$ 3.499,00. A tendência é que esse valor caia com o tempo.

Resumo

Prós
– Muito espaço

– Proteção Térmica

– Criptografia AES 256

– Simplicidade de instalação e uso

Contras
– Preço

Preço e disponibilidade
O preço sugerido da unidade de 2TB é de R$ 3.499,00 e ela está disponível em diversos distribuidores e lojas online.

Especificações completas do SSD Crucial MX300 2050GB
Formato: SSD interno de 2,5 polegadas

Capacidade total: 2.050GB

Interface: SATA 6.0Gb/s

Velocidade de leitura: 530MB/s

Velocidade de gravação: 510MB/s

Leitura máxima 4K Random: até 92,000 IOPS

Escrita máxima 4K Random: até 83,000 IOPS

Garantia de 1,5 milhão de horas de uso

Altura da unidade: 7 mm

[/read]

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA
[TESTE] SSD Crucial MX300 de (incríveis) 2TB