Com a pandemia causada pelo Covid-19 o número de pessoas que estão em casa cresceu significativamente nos últimos meses. [read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

De acordo com levantamento recente da Hibou, empresa de pesquisa e monitoramento de mercado, 6 em cada 10 brasileiros estão trabalhando de casa e 41,6% estão usando novas ferramentas de produtividade para chamadas de videoconferência e outras ferramentas de geração de conteúdo online.

Além disso, com as escolas fechadas, as crianças também estão em isolamento social, realizando aulas onlines e utilizando a internet para entretenimento — o que também impacta diretamente no consumo de internet fixa. Segundo levantamento, no mês de abril a busca por internet fixa no Brasil teve um aumento de 16,97% em relação ao mês anterior (março).

Para Yuri Kaminski, especialista em marketing digital, o isolamento social mostrou a todos o quanto é importante ter em casa um serviço de internet de qualidade. “Notamos que muitas pessoas que não tinham banda larga buscaram por esse serviço e, por isso, tivemos um pico de pesquisas no primeiro mês de isolamento, em março. Também percebemos um crescimento na procura por melhorias nos planos atuais nos últimos meses”, comenta.

Mas afinal, como escolher o plano de internet banda larga? O primeiro passo é avaliar quais são as reais necessidades do usuário. O especialista separou algumas dicas para ajudar os consumidores na escolha do plano ideal. Confira:

Avalie quantas pessoas utilizarão a mesma conexão
Quando contratamos um plano de internet fixa e dividimos com mais pessoas – utilizando mais de um aparelho conectado ao mesmo tempo – a velocidade de Banda Larga também será dividida entre os usuários. Por exemplo, se uma família com 4 pessoas tiver uma Internet 100 mega, e todas as pessoas se conectem ao mesmo tempo, cada usuário receberá uma Internet de 25 mega em seu dispositivo.

Tenha em mente o uso que fará com a sua internet fixa
Não é preciso investir em uma internet com muita velocidade para fazer coisas simples, como acessar o e-mail e redes sociais. Nesses casos, uma Internet de 100 mega seria desnecessário e um plano de 10 mega poderia atender perfeitamente.

Já para usuários mais ativos, que estão utilizando plataformas de videoconferência, arquivos e documentos na nuvem, além de realizar downloads de vídeos em HD, assistir Netflix e jogar online, a velocidade para se ter um serviço com alta qualidade e sem travamentos de internet é 50 mega para cima. Por isso, antes de selecionar o plano, é preciso avaliar o seu uso e não apenas o valor final da conta.

Use a tecnologia para comparar planos e saber a velocidade da sua internet
Outra dica na hora de comparar e achar a internet ideal é apostar na tecnologia. Atualmente as principais operadoras utilizam a tecnologia de fibra óptica – mais veloz e estável – para seus pacotes. Confira pelo CEP da residência nos portais das operadoras para descobrir quais são os pacotes disponíveis na região, bem como valores, velocidades e ter acesso a promoções.

 

[/read]
 

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA
Vai mudar seu plano de internet? Siga essas 3 dicas para não errar na hora da escolha

 

Veja também
Samsung anuncia sua linha de TVs 2020
WhatsApp Web receberá recurso para chamadas de vídeo com até 50 participantes
Ensino universitário e mercado de trabalho: mind the gap