Home Qualidade de Vida Mobilidade Viber para Windows 10 e Windows 10 Mobile é liberado

Viber para Windows 10 e Windows 10 Mobile é liberado



Há um ano prometido, o app de mensagens Viber ganha os desktops com o Windows 10 a partir dessa semana. A empresa colocou o download à disposição no site e espera ganhar mais usuários que usam o sistema operacional da Microsoft. A versão para o Windows 10 Mobile também está liberada.

Ao acessar o site, o usuário deve clicar na opção do sistema operacional. No caso do Windows, abrirá uma janela da loja da Microsoft onde haverá o botão “Gratuito”. A partir daí a instalação é praticamente automática. É um app mobile e, mesmo com essa versão, é preciso tê-lo instalado no smartphone.

O anúncio foi feito na segunda-feira, curiosamente dia coincidente para dois feriados em importantes mercados. Foi o Spring Bank Holiday, no Reino Unido, e o Memorial day, nos Estados Unidos.

O app havia sido liberado para testes beta há um mês e teve bom desempenho com os usuários pioneiros e técnicos. Dispõe de criptografia, integração de aplicativos e uma nova interface de usuário adaptada para múltiplos dispositivos, entre outras funcionalidades. A segurança é um motivo de preferência do app, assim como uso de diversos emojis.

Além do lançamento do app, Viber também lançou um vídeo promocional para os novos aplicativos que você pode ver abaixo.

Concorrência
O Viber é um concorrente forte do Whatsapp, assim como do Telegram. Não compete em popularidade com o app que o Facebook comprou, mas, dependendo de seu círculo de amizades, pode substituí-lo com vantagens. Em diversos países ele é muito usado, o que pode economizar muito em ligações internacionais.

Há como incluir 200 amigos em um grupo e dá para excluir mensagens entregues, aumentando a segurança.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br



Previous articlePode teclar a noiva. Homem casa-se com smartphone e confirma estudo sobre nosso amor pelo aparelho
Next articleNova aquisição da IBM é para modernizar mainframes