pets

Os animais de estimação têm feito mais parte da rotina familiar das pessoas, muitas vezes até considerados integrantes da família, por isso seus tutores não medem esforços quando o assunto é saúde. [read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

É nesse momento que a medicina veterinária entra com os exames preventivos. Os testes laboratoriais são uma ferramenta importante para evitar que doenças atinjam os animais, assim como nos humanos.

Carolina Ferreira, médica veterinária do Hospital Veterinário Cão Bernardo aponta que os exames necessários todos os anos são o hemograma, bioquímica serica (que avaliação de função renal, fígado, glicemia, colesterol, proteínas) e eletrocardiograma porque eles previnem doenças como Anemias, insuficiências renal e hepática, diabetes, insuficiência cardíaca.

Com estes testes é possível detectar possíveis alterações que são mais comuns de forma precoce, aumentando as chances de sucesso no combate a essas doenças e garantindo melhor qualidade de vida aos pets.

Os laboratórios veterinários são uma ferramenta importante para pesquisa de doenças infecciosas e zoonoses (doenças transmitidas dos animais aos humanos). Principalmente pela presença de matas muito próximas a grandes centros urbanos, fica muito difícil o controle dessas doenças na população em geral.

Por serem comuns, os laboratórios precisam estar atentos a surtos e ao aumento da incidência destas doenças, e trabalhar em conjunto com os órgãos públicos para minimizar o impacto na população.

É necessário essas avaliações sejam realizadas em centros de análises clínicas próprios para animais, com profissionais capacitados para o processamento destas amostras e com divisórias entre cães e gatos.

Preparação do pet para os exames
A preparação dos animais para fazerem exames médicos é tão ou mais importante do que as avaliações em si. Cães e gatos podem se estressar com todo o processo, principalmente nos exames mais invasivos, como a endoscopia. Essa última avaliação e o exame de sangue exigem estômago vazio e um jejum do pet de 12 horas.

O ideal é o bicho de estimação ter uma pessoa de confiança por perto durante os exames. A insegurança e o estresse podem deixá-lo agitado e complicar o processo. Antes de exames sanguíneos é necessário que o animal esteja em jejum alimentar, finaliza Ferreira.

 

[/read]

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA
Cuide do seu pet! Check-up anual pode evitar doenças graves

Veja também
Conheça sete dicas para facilitar o passeio do dia a dia com seu pet
Quatro mitos sobre saúde bucal e o consumo de chocolate

Nove em cada dez brasileiras buscam informações sobre saúde na internet