NOVIDADES

Equipes móveis da Justiça resolvem na hora conflitos de trânsito em Goiás


by 5 de janeiro de 2015 0 comments

A população de Goiás conta com equipes da Justiça de Trânsito Móvel, que em 14 anos solucionou mais de 50 mil conflitos no local dos acidentes de trânsito.

A psicóloga Analice de Sousa Arruda envolveu-se em um acidente sem gravidade perto da Universidade Salgado de Oliveira, em Goiânia. Acionou o seguro e o corretor ligou para o JTM. Em meia hora, uma equipe estava no local. “Foi uma surpresa. Esperava que o atendimento demorasse muito mais, mas em pouco tempo a equipe já estava no local do acidente. Um profissional ouviu as duas versões do acontecido, nos orientou sobre a situação e ali, na hora, o motorista que fez a conversão errada assumiu os danos. Esse trabalho é importante, porque educa quem está errado e orienta quem cumpriu com as regras. Todos têm a oportunidade de falar e entender o lado do outro”, ressalta a psicóloga.

A JTM busca resolver o conflito na hora para reduzir a demanda cível de indenizações por danos causados em acidentes de trânsito. O coordenador do núcleo de soluções de conflitos do Tribunal de Justiça de Goías, juiz Paulo César Alves das Neves, explica que o programa também contribui na educação no trânsito e reduzir a reincidência nos acidentes. “O programa consegue levar a cultura da paz para o trânsito, por meio de toda uma estrutura adequada, promovendo o fortalecimento do diálogo como caminho para solucionar o conflito e tentando a reeducação para o cumprimento da legislação de trânsito”, afirma.

A Justiça de Trânsito Móvel de Goiás presta atendimento há mais de 14 anos a acidentes simples como pequenos arranhões na lataria do veículo aos mais graves como capotamentos sem o registro de pessoas com ferimentos graves ou mortes. “Isso porque, no caso da pessoa estar sentindo dor ou com fratura, o correto é a prestação do serviço médico. Também porque é impossível conversar com a vítima nessa situação. A parte precisa estar tranquila, sem dor física”, informa o coordenador de equipes do JMT, José Simões de Lima Júnior.

O programa conta com 29 servidores desde coordenadores a conciliadores, condutores, agentes e telefonistas. Assim que o serviço é acionado pelos telefones (62) 3261-9077, 3501-9104 ou 3501-9109 uma das equipes é deslocada em uma van adaptada para o atendimento. As oito equipes trabalham de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h.

O conciliador ouve as versões dos motoristas, colhe as provas e fotografa o local. É lavrado um documento para registrar o sinistro e homologado judicialmente. Caso não haja solução imediata, as partes são orientadas sobre os desdobramentos jurídicos.

As equipes prestam entre 20 e 25 acidentes por dia somente em Goiânia. Em novembro do ano passado foram 423 casos, com 360 acordos, o que representa 85% de ocorrências resolvidas no local. Nos 14 anos de existência, o programa totaliza 61 mil atendimentos com 51 mil acordos.

No Comments so far

Jump into a conversation

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.