Novidade boa chegando: A Intel lançou 11 novos processadores altamente integrados da 10ª geração Intel Core, desenvolvidos para computadores 2 em 1 e laptops ultrafinos. [read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

Os processadores contam com inteligência artificial (IA) de alto desempenho, novos gráficos Intel Iris Plus, além de possibilitarem a melhor conectividade com Intel Wi-Fi 6 (Gig+) e Thunderbolt 3. Os novos sistemas devem chegar ao consumidor no final de 2019.

“Os processadores da 10ª geração Intel Core mudam a definição de liderança em plataformas de PC móveis. Com IA de larga escala pela primeira vez disponível em PCs, uma arquitetura de gráficos totalmente nova, o melhor Wi-Fi 6 (Gig+) do mercado e Thunderbolt 3 – todos integrados no SoC graças à tecnologia de processo 10nm e arquitetura da Intel”, afirma Chris Walker, vice-presidente corporativo da Intel e diretor geral para Mobility Client Platforms do Client Computing Group.

Além dos ganhos de desempenho e poder de resposta, recursos como IA, gráficos, conectividade e I/O foram otimizados no SoC para oferecer uma solução com uma rica gama de capacidades e recursos. Assim, os fabricantes podem criar laptops para pessoas que desejam assistir, jogar e criar cada vez mais.

Desempenho inteligente
Esses são os primeiros processadores desenvolvidos especialmente para uso de IA em laptops e 2 em 1 ultrafinos. Eles entregam o desempenho inteligente necessário para o uso de aplicações com IA com uma série de recursos e capacidades, incluindo:

– Intel Deep Learning Boost, um novo conjunto de instruções dedicadas que acelera as redes neurais na CPU para obter a máxima capacidade de resposta em cenários como aprimoramentos automáticos de imagens, indexação de fotos e efeitos fotorrealistas.

– Até 1 teraflop de computação do mecanismo de GPU para aplicações de inferência sustentadas de alto throughput, como estilização de vídeo, análise e upscaling de resolução de vídeo em tempo real.

– Intel Gaussian & Neural Accelerator (GNA), que fornece um mecanismo dedicado para cargas de trabalho em segundo plano, como processamento de voz e supressão de ruído em consumo ultrabaixo para máxima duração da bateria.

Gráficos novos para entretenimento fora de série
Com o dobro de desempenho de gráficos, os processadores da 10ª geração contam com gráficos Intel Iris Plus que possibilitam jogos em 1080p e edição de vídeo 4K, aplicação rápida de filtros de vídeo e processamento de fotos de alta resolução em movimento. E muito mais:

São os primeiros GPUs da Intel a suportar o novo padrão de display Adaptive Sync da VESA, proporcionando uma experiência mais integrada de gaming para títulos como Dirt Rally 2.0 e Fortnite.

Também são os primeiros GPUs integrados do setor a incorporar sombreamento de taxa variável para melhorar o desempenho da renderização.

Melhor Conectividade
A maior integração de placa ajuda os fabricantes de PC com a conectividade Intel Wi-Fi 6 (Gig+) e com até quatro portas Thunderbolt 3 – o conector USB-C mais rápido e versátil do mercado.

Linha de Produtos

Intel lança primeiros processadores da 10ª geração para laptops
Todos com Intel Wi-Fi 6 (Gig+) e Thunderbolt 3 integrados

Essa geração de processadores também marca a introdução de uma nova estrutura de nomenclatura de processador Intel. Veja abaixo como fica:

Intel lança primeiros processadores da 10ª geração para laptops

Os processadores Ice Lake marcam a chegada da 10ª geração da Intel Core e serão disponibilizados pelos fabricantes de PC no final de 2019.

Este ano durante a Computex, a Intel apresentou alguns dos primeiros sistemas a serem desenvolvidos pelo programa de inovação Projeto Athena, incluindo Acer Swift 5, Dell XPS 13″ 2 em 1, HP Envy 13” e Lenovo S940.

 

[/read]

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA
Intel lança primeiros processadores da 10ª geração para laptops

Veja também
Compaq Brasil lança notebook da linha Presario com tecnologia Intel Optane
Com a chegada da 9ª geração de processadores, Intel amplia foco em público gamer no Brasil
Intel supera limites dos computadores modernos na Computex