Home Cultura Café Arara é a novidade de setembro da Coffee++

Café Arara é a novidade de setembro da Coffee++

Colhido manualmente e com notas de chocolate, caramelo e frutas vermelhas, o café em edição limitada está disponível no e-commerce da marca na versão moído e torrado

café


Equilíbrio, delicadeza e doçura natural, são apenas algumas das sensações reveladas com o novo café da Coffee++, o Arara. Com notas sensoriais que lembram chocolate, caramelo e uma mistura de sabores de salada de frutas amarelas, o resultado foi um café surpreendentemente doce e de baixa acidez.

Vindo de frutos descobertos nas terras do Brasil, o café possui em seu DNA a resistência, características muito alinhadas a do povo brasileiro. A variedade Arara, é conhecida na lavoura por ser uma das mais resistentes e foi por isso que recebeu o nome de um dos principais símbolos da fauna do nosso país.

Café Arara é a novidade de setembro da Coffee++

Em embalagem comemorativa, o café Arara da Coffee++ passou por 3 dias de fermentação em um processo chamado Honey, em que a polpa dos grãos e parte da mucilagem (o caldinho) é deixada para secar junto às sementes. Os frutos maduros foram colhidos à mão, trazendo ainda mais cuidado em cada processo de produção.

“A ideia de lançar o café Arara agora em setembro não foi à toa. É um café para celebrar o Brasil no mês em que comemoramos a Independência, ou seja, mais um motivo do brasileiro tomar o café que ele merece, o melhor. Estamos muito felizes com esse lançamento que estamos oferecendo com tanto carinho para os consumidores”, finaliza Leo Montesanto, fundador da Coffee++.

A novidade é uma versão exclusiva para venda no e-commerce da marca até acabar os estoques e na versão torrado e moído.

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA

Mitos e verdades sobre o refrigerador side by side da Samsung, com três portas
Previous articlePesquisa aponta quais os desafios e tendências do setor de leis de incentivo fiscal em 2021
Next articleGartner anuncia que vendas globais de smartphones aumentaram 10,8% no segundo trimestre de 2021