NOVIDADES

Novos ministros afirmam necessidade de investir em transporte e mobilidade


by 8 de janeiro de 2015 0 comments

Ministros que passam a comandar neste mandato as pastas de Transportes, das Cidades e das Secretarias de Aviação Civil e de Portos enfatizaram a necessidade de investir no transporte intermodal e na mobilidade urbana.

Conforme levantado pelo Confederação Nacional do Transporte (CNT), o titular de Transportes, Antonio Carlos Rodrigues, está comprometido em dar prosseguimento a obras prioritárias em rodovias relacionadas aos projetos de concessões. Para ele, é preciso aumentar os investimentos na infraestrutura logística de transporte de cargas para tornar mais eficiente a distribuição da produção do país.

O ministério, que passa a ser de responsabilidade do advogado que já integrou o conselho da CPTM e foi diretor da EMTU, terá novos técnicos à frente do Dnit e da Valec.

Já a secretaria de Aviação Civil, comandada por Eliseu Padilha, deve priorizar a aviação regional como forma de antecipar o cronograma do Plano de Aviação Regional, que impactará em melhorias para 270 aeródromos. As licitações deverão ser lançadas ainda em 2015. A pasta também deve investir em concessões de terminais aeroportuários.  Padilha já foi ministro dos Transportes, de 1997 e 2001.

De acordo com o novo ministro da Secretaria Especial de Portos, Edinho Araújo, a prioridade em sua gestão será solucionar os arrendamentos de áreas portuárias e das pendências que atravancam a nova Lei dos Portos. Araújo afirma que a expansão e a modernização dos portos dependem de investimentos da União e de parcerias com o setor privado, além de integrar outros modais.

Já o Ministério das Cidades, que tem à frente o ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab, deverá aplicar R$ 143 bilhões em recursos para obras de mobilidade urbana. Outra proposta é ampliar a parceria com entidades ligadas ao Conselho das Cidades para fortalecer políticas de desenvolvimento urbano e ampliar recursos para mobilidade, acessibilidade e segurança no trânsito.

No Comments so far

Jump into a conversation

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.