Viajar com crianças nem sempre é uma tarefa fácil, principalmente quando a família é grande. [read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

Com os pequenos a tiracolo, atividades aparentemente simples como fazer as malas ou montar um roteiro de viagem certamente exigem mais algumas horas de dedicação. Experiente no assunto, a consultora de viagens Nathália Gomes de Lima, criou o site Kids2gether, onde além de compartilhar suas experiências em viagens com a família, dá dicas para se evitar imprevistos.

“O que sempre aconselho é tentar se planejar com antecedência para as viagens. Além de conseguir melhores preços, tanto na hospedagem como na passagem, você acaba tendo tempo hábil para pesquisar as melhores programações de cada local”.

A especialista destaca cinco dicas essenciais para uma viagem com crianças:

1) Escolha o destino, independente se for Nacional ou Internacional – Com o destino já pensado, os pais podem criar um projeto para a viagem junto com os filhos, além de ficar mais fácil de saber o que vai encontrar de melhor no destino. “Buscar todas as informações sobre aquele lugar, seja de história, geografia, cultura e comidas típicas é essencial. Dessa forma você pode inserir a criança no destino e só vai aguçando a vontade dela de embarcar na viagem”, explica Nathália.

2) Consulte a previsão do tempo –  Pesquise sobre a previsão do tempo do destino antes de fazer as malas, desse jeito, você evita carregar coisas desnecessárias, diminuindo o excesso de peso na bagagem e ainda garante mais conforto durante a viagem.

3) Atenção ao fuso horário – Assim que desembarcar no local, tente se adaptar ao fuso horário para a viagem ser melhor aproveitada de acordo com o ritmo da cidade. “Os primeiros dias acabam sendo mais difíceis, mas depois que nos adaptamos as coisas vão entrando nos eixos”, explica a especialista.

4) Cardápio infantil – A adaptação das crianças com comidas de temperos e sabores diferentes é mais difícil, porém tudo é uma questão de adaptação. “O que eu faço antes é mandar e-mail para saber se no restaurante do hotel têm kids menu disponível ou se podem preparar uma comida especial nas refeições para eles”. diz.

“E não se preocupem porque mesmo sendo o destino mais exótico do mundo em todo lugar tem batata, cenoura, peixe e frango grelhado ou algo semelhante. E acreditem, quando as crianças sentirem fome, vão comer”.

5) Tenha um plano B – Sempre tenha uma alternativa ao roteiro programado, pois mesmo com um planejamento prévio, o clima pode mudar e locais podem fechar, já que imprevistos acontecem.

E lembre-se: O mais importante numa viagem é se divertir e deixar o estresse e preocupações de lado!

 

[/read]

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA

Veja também
Pesquisa mostra que brasileiro costuma planejar viagem com pouco tempo de antecedência
Brasil tem perto de 340 mil sites dedicados ao turismo
Seis dicas do que fazer numa longa viagem dentro do avião