Home Cultura POP Fortnite é banido da App Store e do Google Play Store

Fortnite é banido da App Store e do Google Play Store

Fortnite, um dos jogos de batalha mais conhecidos da atualidade, foi removido da App Store da Apple e do Google Play Store. [read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

Em resumo: a Epic Games, desenvolvedora do jogo, lançou uma forma de pagamento direta no iOS e no Android para evitar a “fatia” que precisa pagar à Apple e ao Google. Assim, aqueles que comprarem direto com ela ganham um desconto de 20% em relação a quem adquire pelas lojas mobile tradicionais.

Com isso, o download foi banido faz alguns dias pelas empresas pois, segundo as gigantes, o recurso da desenvolvedora vai contra as diretrizes de suas lojas, que informa que qualquer aplicativo digital precisa usar os próprios sistemas de pagamento da Apple e do Google.

Ao disponibilizar a nova opção, a desenvolvedora ficaria com todo o lucro das transações.

Como resposta ao bloqueio, a Epic Games lançou uma campanha que levanta a hashtag “#FreeFortnite” no Twitter e redes sociais. Em nota oficial, a desenvolvedora criticou o bloqueio do jogo na loja e as taxas aplicadas pela mesma e convocou o público para apoiar a ação que chamou de “luta contra @AppStore”.

“Atualmente, não há como economizar se os jogadores usam as opções de pagamento de Apple e Google, nas quais Apple e Google ficam com a elevada taxa de 30% em todos os pagamentos”, ressaltou a companhia em nota oficial.

O Fortnite é um dos games mais populares do mundo e está disponível para baixar no PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch e em celulares Apple e Android. De acordo com dados do SensorTower, só no iOS o jogo fatura US$ 30 milhões mensais. Ou seja, 30% desse valor para a Apple é cerca de US$ 10 milhões.

A nova opção de pagamento direto da desenvolvedora faz parte do “Fortnite mega drop”, ação que deu descontos permanentes para os V-Bucks, moeda digital do game. Basicamente, ao comprar V-Bucks pela loja oficial, o jogador teria duas opções: o novo pagamento direto e o pagamento pelo loja digital. No entanto, o pagamento direto contaria com um preço reduzido, enquanto na loja oficial o V-Bucks custaria o mesmo preço de sempre.

Por conta da remoção, a desenvolvedora entrou com um processo na justiça de São Francisco, alegando que a dona da App Store estaria com postura anti-competitiva. O argumento da Epic é de que a gigante não pratica a mesma taxa em programas no macOS, em que desenvolvedores podem oferecer produtos com apenas 3% de taxa, ou seja, um décimo do cobrado na App Store.

A movimentação jurídica ainda indica o posicionamento da Epic, quando ela aponta que não quer compensações financeiras no caso. “A Epic não busca nem mesmo um tratamento favorável para si mesma, como uma companhia única. Pelo contrário, está buscando um alívio injuntivo que permita a competição justa nestes dois mercados, que afetam centenas de milhões de consumidores e dezenas de milhares, se não mais, de desenvolvedores terceiros”, completou a empresa.

Em resposta, tanto a Apple quanto o Google informaram que buscarão conversar com a Epic para tentar resolver a situação e colocar o Fortnite novamente em suas plataformas.

 

[/read]

Fortnite é banido da App Store e do Google Play Store

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA

Veja também
Brasil Game Show de 2020 é oficialmente adiada
LG apresenta novo Monitor UltraWide Gamer
Ensino universitário e mercado de trabalho: mind the gap

Previous articleSaiba como aumentar a produtividade trabalhando em casa
Next articleGosta de beber? Veja o que não deve faltar em casa para aprecia boas bebidas